A opção do transporte multimodal

transporte multimodalO transporte multimodal é o nome dado à utilização de diversos meios de transporte com o objetivo de diminuir custos, tempo e o impacto ambiental causado pelos deslocamentos. Em logística discutimos muito esse assunto no transporte de cargas, especialmente para longas distâncias.

Sabemos que no Brasil as rodovias são utilizadas para todo tipo de transporte, seja de curta ou longa distância. No entanto, já sabemos que esta não é a opção ideal, pois o transporte rodoviário deixa de ser economicamente atrativo para médias e longas distâncias.

As ferrovias brasileiras poderiam ser melhor exploradas, não fosse o problema de terem bitolas de tamanhos diferentes em diferentes regiões. Assim, vemos a possibilidade de uma primeira integração, que não chega a ser multi modal, mas “multi trem”. Além disso, a maioria das ferrovias brasileiras tem o litoral como destino, e poderiam servir como fonte de carga para os portos trabalharem com o transporte por cabotagem. Aí sim começamos a falar em multimodalidade.

O transporte ferroviário é indicado quando o volume de cargas é grande, baixo valor e grande densidade (baratos e pesados, como minérios, por exemplo) e é um meio de transporte menos poluidor que os caminhões. Estes, por sua vez, em altíssima adaptabilidade com relação ao tipo de carga a ser transportada, tem ampla cobertura geográfica e exige menos custos em termos de embalagens.

Mas podemos também olhar para o litoral e avaliar a possibilidade de utilizar a cabotagem como meio de transporte de cargas: é muito competitivo para produtos baratos (ferro, cimento, químicos) mas é pouco flexível e exige um tempo de transporte maior.

Se pensarmos em plataformas multimodais completas, é preciso haver a integração efetiva de pelo menos dois meios de transporte, sendo os três citados acima os mais usuais. Mas outras opções ainda existem. Confira abaixo.

No modo aéreo, apesar do alto custo, temos um tempo de transporte baixo, boa confiabilidade e é indicado para produtos de alto valor agregado. No entanto sofre, assim como nos portos, da lentidão no desembaraço da carga, devido à saturação da capacidade dos aeroportos nacionais.

Por fim, temos o transporte por dutos, ou dutoviário. Estes têm uma vida útil bastante longa, requerem pouca manutenção ou mão-de-obra para o funcionamento e é bastante rápido. É usado para líquidos e gases (gás natural, químicos, dentre outros). No entanto a adaptabilidade para outros tipos de produto é quase nula e necessita de investimento inicial elevado.

Quer conhecer mais sobre os tipos de transporte? Veja os links abaixo:

Transporte rodoviário: infra-estrutura, transporte de cargas, BR 101, tipos de rodovias federais.

Transporte aéreo: transporte de passageiros, movimento nos aeroportos, aeroporto de congonhas, gargalos limitando o crescimento.

Transporte aquaviário: infra-estrutura, movimento nos portos, portos no Brasil e no mundo.

Transporte ferroviário: a logística do agronegócio, situação do transporte ferroviário,

Transporte dutoviário.

Confira também os links nas matérias relacionadas ao final de cada post.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).

  • Pingback: Gestão da Cadeia de Suprimentos – conceitos, tendências e ideias para melhoria | My Blog()

  • Realmente o Brasil está em ultimo em tudo,mas também temos que entender que não tem seriedade com o desenvolvimento do país,se do contrário fosse já teríamos belos portos,belas ferrovias,onde estariam desafogando o transito e diminuindo os custos.

    OBS: será que algum dia sentiremos orgulho do nosso Brasil ou teremos que esperar crescer?É porque afinal é um emergente.

    • É IMPRESSIONANTE QUANTAS PESSOAS ESTÃO DISPOSTAS A RECLAMAR DO BRASIL, SEMPRE ACHAR QUE ELE É O ULTIMO EM TUDO, QUE O PAÍS NÃO VAI PRA FRENTE, ENTRE OUTRAS COISAS.

      PRA MIM O BRASIL É O MELHOR PAÍS DO MUNDO, TEM TUDO PRA CONTINUAR CRESCENDO CADA VEZ MAIS, E SÓ NÃO É MELHOR OU O 1º DO MUNDO POR QUE TEM PESSOA QUE AO INVÉS DE VOTAR COM SERIEDADE, AJUDAR O PAÍS, NÃO COMPRAR PRODUTOS PIRATAS, PREFEREM FICAR CRITICANDO OU QUEBRANDO TUDO OU ATÉ MESMO MANCHANDO O NOME DO MEU QUERIDO PAÍS PELO MUNDO AFORA, FICA AQUI MINHA INDIGNAÇÃO PARA AS PESSOAS QUE SO PREFEREM CRITICAR, E NÃO UTILIZAM ESSE ESFORÇO DESNECESSÁRIO PARA CRIAR OU FAZER ALGO QUE AJUDE AINDA MAIS NOSSO PAÍS.

      MUITO OBRIGADO