Brasil receberá feira de infraestrutura aeroportuária

De 26 a 28 de abril de 2011, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, SP, acontecerá a Airport Infra Expo, evento voltado para a cadeia de produtos e serviços destinados à operação aeroportuária, que reunirá mais de 100 empresas brasileiras e internacionais, de onze diferentes países.

Será a primeira vez que a América Latina sedia uma feira com esta temática. Com uma área de 15 mil m² para exposição indoor e outdoor, a Airport Infra Expo, organizada pela Sator eventos, contará com a participação de empresas dos segmentos de controle de tráfego aéreo, comunicação, navegação, meteorologia, ground support, construção, design, operações, meio ambiente, segurança, tecnologia da informação, entre outros relacionados à infraestrutura aeroportuária.

“A Airport vem suprir uma carência importante no mercado brasileiro: de contar com um espaço dedicado à interação entre demanda e oferta, aproximando empresas nacionais e internacionais da realidade dos aeroportos brasileiros e das infindáveis oportunidades de investimentos que existem neste setor”, afirma a diretora da Sator Eventos, Paula Faria, responsável pela organização do evento.

Muito se fala sobre a necessidade de investimento em infraestrutura aeroportuária no Brasil e alguns projetos já estão em pauta. Para Paula, essa efervescência só confirma a importância de contar com um evento que concentre as possibilidades comerciais desse mercado, unindo demanda da oferta em um ambiente exclusivamente preparado para os negócios.

Ela revela que a exposição já despertou o interesse de empresas como a francesa TLD, as americanas Waterblasting e Bosserman, a inglesa Smiths Detection, a italiana Ceia, a belga ADB Air Solutions, a finlandesa Vaisala e as brasileiras Rucker, DMDL, EBCO, Grupo MPE, IACIT, Paleta, Balaska, Berkana, Hobeco, Usina WZ, Detronix, Fighter, Lavrita e Sae South America.

Simultaneamente à feira, acontecerá o 1º Seminário Internacional de Infraestrutura Aeroportuária da América Latina, que promoverá a discussão sobre as diretrizes o setor no Brasil e no exterior. Segundo a organização, especialistas da iniciativa privada e acadêmicos do Brasil e do exterior e representantes do governo federal estarão reunidos para analisar e projetar diretrizes possíveis para solucionar os desafios impostos pelas limitações da atual infraestrutura aeroportuária no País.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).