A fundo perdido

A fundo perdido

Se em vez de investir R$ 2,6 bilhões na construção de um terminal no porto de Mariel, em Cuba, o governo brasileiro tivesse feito semelhante investimento no Norte ou Nordeste, com certeza, o escoamento da safra agrícola do Centro-Oeste não precisaria necessariamente mais ser executado pelos portos de Santos e Paranaguá. Além de promover economia de combustível, já que a distância seria menor, o governo teria levado o desenvolvimento a regiões mais carentes, já que seria obrigado também a investir em rodovias e ferrovias.

bndesTambém teria evitado o atual contencioso que levou a Advocacia Geral da União a recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender lei municipal de Santos sancionada em novembro de 2013 que proíbe a movimentação de grãos no bairro da Ponta da Praia. Ainda que o governo federal alegue que os novos editais de arrendamento no Porto de Santos prevêem a obrigatoriedade de que os arrendatários utilizem equipamentos que reduzam a liberação de resíduos poluentes na atmosfera, a verdade é que não há condições de se estabelecer uma boa convivência entre os moradores e os terminais graneleiros naquela área urbana.

Nesse caso, melhor teria sido se o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em vez de se mostrar tão “generoso” na concessão de crédito a Cuba, tivesse financiado a instalação desses terminais na área continental de Santos, zona pouco povoada. Fosse como fosse, não há dúvida que a melhor solução passaria por uma descentralização do Porto de Santos, reservando-o para produtos de maior valor agregado.

É de reconhecer a preocupação do governo em facilitar o escoamento das exportações agrícolas, responsáveis pelo superávit que a balança comercial ainda apresenta, mas nada justifica essa concentração de terminais graneleiros na Ponta da Praia, bairro densamente povoado.

O pior é que os recursos destinados à revitalização do porto de Mariel, em Cuba, aparentemente, pouco retorno darão ao Brasil, já que o regime cubano tradicionalmente não costuma cumprir seus compromissos internacionais. Se, por outro lado, esse carcomido regime vier a cair em breve, fatalmente, o capital cubano concentrado hoje em Miami migrará para a ilha, ao lado de maciços investimentos norte-americanos. Isso significa que Cuba, a exemplo de Porto Rico, logo poderá se tornar um estado associado aos Estados Unidos.

Nesse cenário, igualmente, pouco espaço restaria para o Brasil. Ou seja, fez-se um investimento a fundo perdido. Como se o Brasil fosse hoje um país de Primeiro Mundo, com todos os seus problemas de educação, saúde pública, saneamento básico, infraestrutura de transporte e empregabilidade já resolvidos.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Authored by: Milton Lourenço

É diretor do Sindicato dos Comissários de Despachos, Agentes de Cargas e Logística do Estado de São Paulo (Sindicomis) e da Associação Nacional dos Comissários de Despachos, Agentes de Cargas e Logística (ACTC) e presidente da Fiorde Logística Internacional.

  • Hotonelson Cortes Da Silva

    0 BRASIL è UM PAIS QUE ADMINISTRA MUIT0 MAU 0 SEU P0V0, DEIXA MILH0ES NA MISERIA, PARA AJUDAR 0UTR0S PAISES, QUE JAMAIS IRA0 DEV0LVER 0 N0SS0 DINHEIR0. T0D0S P0LITIC0S QUE EMPRESTAM DINHEIR0 PARA 0UTR0S PAISES, DEVERIAM SEREM DEMITID0S DE SEUS CARG0S P0LITIC0S, E C0NFISCAD0 T0D0S 0S SEUS BENS, E D0AREM PARA A P0PULACA0 P0BRE.

    BILH0ES D0 FUND0 PERDID0 D0 BNDES, JA F0RAM J0GAD0S F0RA N0 RAL0 D0 EXTERI0R, E 0 N0SS0 P0V0 C0NTINUA NA MISERIA. 0S BRASILEIR0S DEVERIAM SEREM MAIS PEITUD0S, MAIS EXIGENTES N0S SEUS DIREIT0S.

    NA0 P0DEM0S PERMANECERM0S D0RMIND0 N0 P0NT0 TANT0 TEMP0 ASSIM, E DEIXAR-M0S 0S P0LITIC0S FICAREM CADA VEZ MAIS MILI0NARI0S AS N0SSAS CUSTAS, SEM FAZER-M0S NADA !! TEM0S QUE FAZER-M0S UMA REV0LUCA0 N0 BRASIL BEM F0RTE !! PARA IMPACTAR 0 MUND0 T0D0 !!.

    VAM0S C0M T0D0S 0S REPRESENTANTES DE CADA ESTAD0 D0 BRASIL, NA P0RTA D0 BNDES, C0M UM ABAIX0 ASSINAD0 DE MAIS UM MILHA0 DE ASSINATURAS DE T0D0 0 BRASIL, E EXIGIR-M0S UMA S0LUCA0 D0 G0VERN0 A FAV0R D0S TRABALHAD0RES, DESEMPREGAD0S, E D0S MICR0S EMPRESARI0S, QUE NA0 TEM C0M0 CRESCEREM P0R FALTA DE INCENTIV0 FINANCEIR0, PARA LEVAREM AVANTE AS SUAS EMPRESAS.

    P0RQUE S0 0S QUE NA0 PRECISAM DE DINHEIR0 SA0 0S QUE MAIS SA0 AJUDAD0S? .C0M0 P0R EXEMPL0; Sr EIKE BATISTA, QUE C0MEU 6 BILH0ES D0 BNDES, E NA0 VAI DEV0LVER MAIS ?, ELE JA è BILI0NARI0 E NA0 PRECISA DE NENHUMA AJUDINHA D0 G0VERN0 ! E TANT0S 0UTR0S MILI0NARI0S QUE ESTA0 SE INTUPIND0 DE TANT0 DINHEIR0, DESVIAD0S D0S FUND0S S0CIAIS ?.

    ATE QUAND0 N0S BRASILEIR0S VAM0S PERMANECER-M0S ESCRAVISAD0S S0B AS C0RRENTES DESSE G0VERN0 C0RRUPT0 ?. QUEM C0NC0RDA C0MIG0 P0R FAV0R ENVIEM A SUA 0PNIA0 0K ? BRIGAD0- kastelobelgica@gmail.com

  • HANNAH

    É uma vergonha! Existe uma realidade brasileira que o Governo não quer enxergar, porém deveria. Fazer o dever de casa é a primeira coisa a se pensar antes de sonhar que o Brasil seja, realmente, um ator global significativo. Os Estados Unidos fizeram isso! O pior é que não vejo nenhum político que se preocupe com isso de verdade. Como se sabe, o governo atual não cumpriu aquilo que pregava no período de eleição.

  • Matheus

    O BNDES é da corja do PT e eles investem em Cuba porque sabem que lá o dinheiro circula de um lugar para o outro entre eles sem questionamentos, etc etc etc

    • Isac Miranda

      o BNDES é do Brasil, é um banco de fomento nacional, os empréstimos feitos pelo BNDES é para empresas Brasileiras que desenvolve projetos nesses países, tal como, porto em cuba, ponte no equador, peru e venezuela e avião para a argentina,….esses países devem as empresas brasileiras, estas devem ao BNDES,..o BNDES é um banco de investimento, porem ele fornece créditos,.ou seja, a grana tem de voltar com juros, senão o banco morre…nhé..

  • luiz carlos

    O BNDES precisa pensar mais e ter a coragem de investir nos portos do Brasil!