Liderança e construção de significados

artigo publicado na IX Semana de Engenharia de Produção Sul-Americana (SEPROSUL), no Uruguai, em novembro de 2009:

Liderança e construção de significados em uma organização militar

Autores: Édio Polacinski, Fernando José Avancini Schenatto, Alice França de Abreu.

Atualmente, o cenário mundial é caracterizado pelas constantes mudanças e um ambiente de negócios altamente competitivo, onde as lideranças tornaram-se um diferencial estratégico. Dessa forma, um dos maiores desafios das organizações está na valorização dos líderes, pelo fato desses desenvolverem ações no sentido de gerar o conhecimento. Neste contexto, através de uma pesquisa de natureza qualitativa e finalidade descritiva, e que utilizou no seu desenvolvimento a técnica do estudo de caso, buscou-se identificar as principais práticas desenvolvidas pelas lideranças na construção de significados em uma instituição pública de caráter militar do Exército Brasileiro (EB). Para tanto, foram coletadas as informações necessárias, relativas ao período de 1995 a 2004, no 4º Regimento de Carros de Combate (RCC), em Rosário do Sul (RS). Identificou-se que a organização possui um sistema de liderança definido, de modo a permitir que as decisões sejam tomadas, comunicadas e conduzidas em todos os níveis. Ainda, que o 4º RCC busca promover a cooperação entre esses níveis, proporcionando a interação entre todas as partes interessadas. Acrescente-se que os líderes participam da formulação das estratégias, dos planos de ação e da busca de oportunidades futuras para o sucesso da organização, corroborando para o processo de construção de significados organizacionais. Finalmente, evidencia-se o fato da organização em estudo, conseguir desenvolver atividades de construção de significados com sucesso, principalmente, pela atuação permanente de seus líderes organizacionais, o que veio a facilitar o reconhecimento, em nível nacional, de excelência, do seu sistema de gestão.

Em face ao atual mercado competitivo, um número cada vez maior de organizações, por intermédio de seus principais diretores, vem buscando alternativas para melhorar a sua gestão organizacional, procurando, constantemente, desenvolver instrumentos para controlar seus processos, reduzir desperdícios, aumentar a satisfação de seus colaboradores e alcançar maior estabilidade.

Diante disto, as pessoas, representadas pela figura dos líderes organizacionais, constituem-se no principal diferencial das organizações para enfrentar desafios, buscando alternativas para serem eficientes, através da construção de significados. Embora esse foco em eficiência e competitividade seja marcante, sobretudo nas organizações privadas, as organizações públicas também passaram a se preocupar em desenvolverem políticas voltadas ao tema. Como exemplo disso, registra-se a preocupação das organizações militares do Exército Brasileiro (EB) que, apesar da escassez de recursos financeiros e das transformações políticas, econômicas e sociais que ocorrem tanto em âmbito local, quanto nacional e mundial, esforçaram-se em desenvolver práticas que facilitam a construção de significados.

Em respeito a todos estes aspectos, este estudo busca identificar as principais práticas desenvolvidas pelas lideranças no sentido da construção dos significados em uma instituição pública de caráter militar do EB, 4º RCC, em Rosário do Sul, no período de 1995 a 2004, que apresenta excelência em seu sistema de gestão organizacional. Torna-se importante observar que este reconhecimento é relacionado a conquista do “Troféu Diamante” do Programa Gaúcho da qualidade e Produtividade (PGQP), no Estado do Rio Grande do Sul. Em relação ao órgão certificador, vale destacar que o PGQP apresenta um sistema de avaliação que faz parte de uma metodologia desenvolvida em harmonia com preceitos gerenciais consolidados, estando alinhada aos critérios de excelência do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ), incorporando, ainda, a experiência de outros modelos: norte-americano – Prêmio Malcolm Baldrige; europeu – Prêmio Europeu da Qualidade.

Sob este enfoque, a pesquisa busca contribuir de forma prática ao oferecer subsídios para ações futuras das próprias instituições militares e organizações em geral, bem como a acadêmicos e profissionais ligados à área, que buscam aprofundar conhecimentos sobre os temas em discussão.

Para ler o artigo completo, clique aqui.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).