Logística das urnas para eleição – 2º turno das eleições no Brasil

urnas eletrônicas - eleições 2010Para que você possa chegar à sua seção eleitoral e digitar seus votos na urna eletrônica, muito trabalho foi feito nos dias anteriores. Mais de 400.000 urnas eletrônicas precisam estar disponíveis e funcionando no momento da votação.

Com algumas semanas de antecedência, os TREs enviam as urnas para os cartórios eleitorais, que atuam como depósitos centrais para algumas cidades. Assim as urnas já ficam mais próximas dos destinos. As urnas permanecem nos cartórios até a véspera das eleições, quando é feito o procedimento de carregamento dos dados (dos candidatos e eleitores), é posto um lacre e então elas são enviadas para as zonas eleitorais (sempre com a supervisão dos partidos políticos).

Depois de feito o procedimento de lacre é que começa a verdadeira corrida eleitoral, pois as urnas são levadas para os locais definitivos de votação. Alguns locais recebem urnas extras, para servirem de backup (substitutas) caso alguma urna apresente problemas.

Esta etapa é especialmente difícil em regiões remotas e de difícil acesso, notadamente na Amazônia. Lá, muitas urnas são levadas de barcos ou mesmo helicópteros, pois não há estradas ligando comunidades isoladas e muitas vezes os rios não favorecem a navegação. O custo desta etapa varia sensivelmente, mas sempre ultrapassa alguns milhões de reais apenas na região amazônica. Em alguns lugares, é preciso viajar por mais de dez horas de barco, ônibus e até mesmo à pé para instalar as urnas em localidades mais isoladas.

Durante a votação, caso tudo corra bem, nenhuma urna precisará ser trocada (nem será necessário recorrer ao voto em papel). No Brasil, menos de 1% das urnas eletrônicas apresentam problemas e precisam ser trocadas, normalmente por outras guardadas como reserva. Raramente o voto em papel é utilizado.

Mesmo que falte energia elétrica, a urna tem uma bateria que dura aproximadamente 12 horas, e caso necessário é possível usar ainda geradores externos (no-breaks).

Poucos minutos após o término da votação, tem início um processo que causa orgulho nos brasileiros e inveja em boa parte do mundo. A contagem dos votos, eletrônicos, é muito rápida e em poucas horas sabemos o resultado do pleito.

dilma versus serra presidente 2010As zonas eleitorais são interligadas aos TREs e estes ao TSE através de uma rede de computadores privada (separada da internet). Em locais isolados, onde esta rede não alcança, a comunicação é feita via satélite (1.200 locais no Brasil), com um notebook e um aparelho de comunicação com o satélite. Assim, todos os votos estão acessíveis rapidamente e centralizados no TSE em Brasília onde são divulgados.

Assim aconteceu o primeiro turno das eleições, e será da mesma forma no final de semana do 3 de outubro, quando alguns estados elegerão seus governadores e conheceremos nosso futuro presidente.

Por falar em presidente, você já viu as propostas dos candidatos para a área de logística e infraestrutura? Leia as propostas de José Serra e Dilma Rousseff e vote abaixo:

[poll id=”15″]

[nggallery id=7]

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).

  • Tania

    Estou prestando serviços ao TRE nestas eleições e realmente,não tinha idéia de como é todo o processo de eleições no Brasil, só tinha uma vaga lembrança e sou uma profissional da área de TI. Excelente matéria sobre a logística envolvida no processo que impacta diretamente o trabalho nos cartórios eleitorais,espalhados por este Brasil.Parabéns pela iniciativa.

  • rosilenica

    Bem legal esse post a gente se esquece as vezes de todo o trabalho de bastidores pra que tudo funcione bem!

  • José Garcia

    Sou professor da escola técnica e estou muito contente com o foco e as atualidades dos senhores, tenho utilizado as matérias de forma ilustrativa e a garotada tem gostado muito, facilitando de forma qualificada a passagem do conteúdo programático do curso Técnico em logística.
    E novamente, a logística da eleição veio agregar valor e conteúdo à LOGÍSTICA.OBRIGADUUUU!!!

    • José, eu que agradeço o fato de você prestigiar e divulgar o site entre seus alunos.
      Grande abraço, Leandro

  • Cintia

    Interessante a matéria!
    O Brasil é exemplo mundial na logística da eleição… O que entristece é ter tanta porcaria, corrupção e bandidagem na política 🙁

  • Estou assistindo ao debate e na questão da infraestrutura…a questão do Serra foi pertinente…porém a resposta da Dilma foi mais estruturada e ele não conseguiu reverter. Meu voto é da Dilma!