As oportunidades na logística

As oportunidades na logística

A logística vem ganhando destaque continuamente no Mercado de Trabalho. Isso se deve à expansão da área dentro das atividades administrativas e operacionais das organizações cujo foco é o bom atendimento a seus clientes, internos e externos, de forma cada vez mais eficiente e com menor custo planejado. Ela cresce não só devido às novas funções, antes de responsabilidade de outras áreas, mas com inovações em seus processos que estão compondo um corpo consistente que, apesar de suas diversas divisões, parece sempre se unir de forma interessante ao início ou ao final de outras atividades logísticas.

A atuação da Logística

A Logística hoje é uma área presente desde o importante apoio aos projetos de marketing e viabilização de novos produtos, seguindo seu fluxo com ênfase na distribuição e na armazenagem, chegando até a satisfação dos clientes e nas respostas ambientais demandadas pelo consumo inteligente. É nesse percurso de ponta a ponta que a área funciona ofertando melhores resultados às organizações através do planejamento estratégico, do controle tático, da execução de suas operações e no reinício de um novo ciclo corrigindo eventuais falhas.

O que está em alta na Logística?

Recentemente, no chamado “olho do furacão” da crise que atravessamos, a Revista Exame publicou um levantamento feito com 11 especialistas de diferentes consultorias de recrutamento sobre as 26 carreiras que têm se mostrado quase à prova de crises e com profissionais disputados no Mercado de Trabalho. Destacamos que 10 delas necessitam de conhecimentos acerca de processos logísticos, pois lidam efetivamente com redução de custos, viabilização de projetos e prospecção de novos negócios. Na Logística, na ordem da pesquisa, destacaram-se mais 6 profissões: em 6º lugar na área de compras e suprimentos, 15º gerente ou diretor de planejamento de operações (e vendas), 16º consultor de exportação, 17º consultor de projetos logísticos, 25º gerente de e-commerce para varejo e, em 26º lugar, gerente de processos operacionais/melhoria contínua.

A Logística oferece várias funções bem distribuídas entre suas diversas atividades. Sua concentração maior está voltada às áreas do transporte e armazenagem e a unificação desses serviços prestados por operadores logísticos cresce a passos rápidos no Brasil.

O que é necessário para atuar na Logística?

Após um curso técnico você já estará apto para várias atividades operacionais ligadas, principalmente, às áreas de transporte e de estoques. As áreas que tratam de uma logística mais voltada ao planejamento estratégico vão precisar de uma formação maior a depender de suas esferas (analista, supervisor, coordenador, gerente, diretor…). Durante muito tempo essas esferas foram alimentadas apenas com o conhecimento prático adquirido, mas os processos logísticos vêm tomando novas formas e os níveis de competitividade nas organizações agora exigem profissionais cada vez mais atualizados e receptivos às novas tecnologias.

O perfil de cada profissional, é claro, soma com sua formação. Os perfis mais valorizados estão voltados para a criatividade e proatividade. O mercado recepciona melhor aqueles profissionais que desenvolvem a liderança, que possuem visões estratégica e global, com um bom conhecimento das atividades de sua área e da empresa em que trabalham, buscando novas ideias que possam melhorar seus processos e reduzir seus custos.

Os destaques para o futuro

A velocidade tecnológica vem trazendo mudanças que são mais perceptíveis na área do transporte de pessoas, pois as questões ligadas à qualidade de vida ganham força na indústria automobilística, por exemplo. Porém, não são só carros e ônibus autônomos que vêm ganhando as manchetes, eles já dividem espaço com trens que levitam sobre trilhos, inclusive um com tecnologia brasileira (na UFRJ), e com os projetos dos que levitarão dentro de dutos a mais de 1.200 km/h.

Aeronaves que viajarão rotineiramente ao espaço e os drones que já transportam cargas, nos dão a dimensão do quanto ainda temos que aprender na Logística e do quanto ela poderá oferecer ao mercado, mesmo que muitas dessas profissões ainda sequer tenham sido criadas. Já pensou nisso?

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Foi Coordenador de Logística na Têxtil COTECE S.A.; Responsável pela Distribuição Logística Norte/Nordeste da Ipiranga Asfaltos; hoje é Consultor na CAP Logística em Asfaltos e Pavimentos (em SP) que, dentre outras atividades, faz pesquisa mercadológica e mapeamento de demanda no Nordeste para grande empresa do ramo; ministra palestras sobre Logística e Mercado de Trabalho.

  • Ninguém busca sigilo, apenas proteger os direitos dos autores.

    • Alexandre

      O direito do autor é assegurado quando se cita a fonte em linha com a legislação brasileira de propriedade intelectual. Nos seus trabalhos acadêmicos, tenho certeza que você cita bibliografia e também revela as fontes…

      • Mencionar o texto e citar a fonte é sempre permitido. Cópia de conteúdo não, são coisas bem diferentes.

  • Alexandre

    Verifiquei que não existe o seu perfil no LinkedIn, o que é surpreendente! Há alguma razão para essa omissão?