Perspectivas e Desafios da Logística para 2010

Continuando com o panorama de tendências da logística para 2010, confira abaixo matéria de autoria de Rogério Barrionuevo, do Blog do Rogério.

Fim de Ano e começam as previsões… Como não sou nem melhor ou pior que ninguém também vou assumir o papel de “Guru” e abordar o que espero de 2010:

– Que o PAC realmente deslanche de forma a melhorar a infra-estrutura do país. Hoje a deficiência da nossa infra representa um gargalo logístico para nossa economia;

– Que se avance nas concessões des estradas, portos e aeroportos mas com transparência para termos efetivamente uma melhora dos serviços de transporte e logística como já tivemos no passado na área de telecomunicações;

– Que a Copa e as Eleições estimulem a nossa produção e consumo que o crescimento do PIB seja compatível com o tamanho da nossa economia;

– Que as Cias Áreas se preparem de forma adequada para toda a demanda que virá e que adotem tarifas justas. Aliás, o Governo podia ajudar fazendo sua parte. Como é difícil para um ser humano “normal” entender como viajar dentro do Brasil é mais caro que ir para Europa ou Estados Unidos.

– Que o conceito de Sustentabilidade deixe de ser um “modernismo” e passe a ser de fato uma preocupação de todos os nossos segmentos. Vamos cada vez buscar uma logística Verde, Limpa e autosustentável;

– Que o Governo encontre um mecanismo cambial de forma a ampliar nossas exportações;

– E com elas estimular o transporte marítimo e a contrução naval;

– Haverá ampliação da quantidade de postos no mercado de trabalho e um discreto aumento da renda dos brasileiros;

– A busca por maior produtividade será intensa com redução de custos e aumento de qualidade. O mercado espera que os ganhos sejam divididos entre os membros da cadeia de prestação de serviços;

– Como é ano eleitoral não tenho esperança de as famosas “reformas” saiam do papel;

– Pelo mesmo motivo não creio em redução do “Custo Brasil”;

– Rastreabilidade será obrigação e não um diferencial de um serviço “gold”

– Mobilidade será uma característica importante nas novas operações;

– A Web será cada vez mais interativa e intuitiva. A tecnologia deverá ser cada vez mais “friendly”

– Haverá um uso maior de códigos de barras bi-dimensional e alguns projetos de RFID finalmente irão sair do papel;

– Logística Colaborativa – Em vez de se olharem como concorrentes cada vez mais as organizações vão procurar as sinergias seja na operação seja nas ações de marketing. Um exemplo é a iniciativa da TAM de criar uma empresa para o seu programa Multifidelidade que tem tudo para ser uma das vedetes do ano que vai chegar.

– Já que falei de certames (copa, eleições…) se me perguntarem que palavra resume os desafios do setor para 2010 EU DIGO: COMPETITIVIDADE, pois nela vem embutida COMPETÊNCIA (só vence quem é bom e explora suas habilidades de forma adequada) e COMPETIÇÃO pois a concorrência não é algo ruim por si só. Ela nos estimula a sermos cada vez melhores e se não tivermos uma sombra no nosso calcanhar talvez, quando nos dermos conta, vamos perceber que ficamos obsoletos e fora do mercado.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).