Por que escolher a carreira de logística?

Por que escolher a carreira de logística?

São muitas as dúvidas que cercam aqueles que buscam se inserir ou que já trabalham na área. Elas são mais que naturais e por isso vamos descomplicar muitas delas no decorrer de nossas publicações trazendo-lhes novos conceitos e atualizações voltadas à realidade brasileira, onde a maioria dos livros ignora e assim tornam as informações voláteis e sem muita objetividade. De forma simples e direta, vamos abordar acerca dessa esplêndida área que pertence à classe das profissões de maior destaque no Mercado de Trabalho, cujas oportunidades são bem expressivas e configuram boas chances de ascensão curricular.

Cuidado! A razão de estar lendo este artigo pode ter mais a ver com o fato da logística ter lhe escolhido do que você a ela. Há cerca de 20 anos, quando fui “jogado” na distribuição nacional, inundado de dúvidas, não entendia toda aquela transformação. Contudo, como os enormes desafios não eram opcionais, nascia naquela área nada monótona um profissional diferenciado. Só depois, por não haver disponibilidade alguma, faria curso técnico de 2 anos antes de concluir faculdade.

Vários são os conceitos sobre Logística descritos por associações e por renomados escritores. Eles citam planejamento, movimentação, controles, mercadorias, serviços, origem e destino, armazenagem, clientes, prazos, custos…

Logística é isso e muito mais! É atividade com constante evolução, instrumento de competitividade, meio que possibilita a produção e integração dos setores de uma empresa, viabilização entre os planos desta e das expectativas e satisfação de seu público. Portanto, o melhor conceito seria:

“Logística é toda atividade que envolva o fluxo de materiais, da origem ao destino, com soluções que busquem o menor custo no transporte e na armazenagem agregando valor aos clientes internos e externos”.

Assim até parece simples, porém, são atividades que exigem muito conhecimento e planejamento. Quando se trata de fluxo, é tudo acerca de aquisições, distribuições, devoluções… Sobre soluções, aqui estão serviços e informações em sintonia com a oferta de custos menores que atendam, eficientemente, os prazos dos setores da empresa e de seus clientes ou consumidores finais. Ela não é só um apoio, como muitos pensam, é uma atividade indispensável para que as Organizações obtenham sucesso.

Como funciona a logística?

A divisão da Logística em Estratégica (que pensa) e Operacional (que executa), está atualmente numa linha bastante tênue, e ganhou força porque nenhuma empresa hoje contrata profissionais para fazer o óbvio. Isso hoje faz parte mais de uma divisão hierárquica do que propriamente de uma linha de importância.

Mas, quais as atividades de um profissional da atual área logística? Posso lhes garantir que são muitas, as quais abordaremos em artigos posteriores, como também posso garantir que a Logística reserva ofertas bem atraentes para pessoas com os seguintes perfis:

– Senso de organização: importante para lidar com vários processos ao mesmo tempo e utilizar informações em tempo hábil;

– gostar de cálculos: não precisa ser doutor em matemática, mas cálculos fazem parte da rotina do setor e raciocínio lógico soma bastante;

– estar aberto ao conhecimento: buscar conhecer as atividades de sua empresa e de seus clientes, a situação de sua infraestrutura, economia, transportes, sistemas, regulamentações e tudo que gere informações para as tomadas de decisões.

Claro que outras habilidades serão importantes para trabalhar com eficiência e eficácia e muitas serão desenvolvidas de acordo com sua área e com sua opção de formação, onde cursos técnicos e tecnológicos estão em alta e oferecem grades bem similares que atendem várias áreas da Logística: suprimentos, estoques, armazenagem, distribuição, frotas, atendimento, roteirização… Para outras, como comércio internacional e eletrônico, exige-se cursos mais específicos.

O bom da Logística é que tem área para toda aptidão e os desafios são muitos em cada uma delas, o que torna o profissional valioso e o desenvolve constantemente. Embora alguns pensem que certas funções não são importantes, experimente não realizar uma delas!… A única certeza é que se você se identificar com a área, logo perceberá que o que começou com uma necessidade transformou-se em paixão e então surgirá uma dúvida para qual não tenho resposta: fui eu quem escolheu a Logística ou foi ela que me escolheu?

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Foi Coordenador de Logística na Têxtil COTECE S.A.; Responsável pela Distribuição Logística Norte/Nordeste da Ipiranga Asfaltos; hoje é Consultor na CAP Logística em Asfaltos e Pavimentos (em SP) que, dentre outras atividades, faz pesquisa mercadológica e mapeamento de demanda no Nordeste para grande empresa do ramo; ministra palestras sobre Logística e Mercado de Trabalho.

  • Luiz Carlos Da Silva

    logística é movimentação e armazenagem!

    • Gabriel Jarecki

      é bem mais que isso