Seminário sobre logística lean

Empresas e experts vão detalhar, dentro da Associação de Funcionários da Robert Bosch, em Campinas, como conseguir eliminar desperdícios e aumentar competitividade ao adotar logística ‘a la Sistema Toyota’.

Grandes empresas, como Volks, Bosch, Parker, Schulz, Stihl… e muitas outras, estão ficando comprovadamente mais eficientes ao aplicarem em suas logísticas, tanto interna quanto externa, o Sistema Lean, método de gestão inspirado no modelo Toyota, que também gera resultados positivos para esse setor tão estratégico: a logística.

Pois para disseminar esse fenômeno entre as empresas é que o Lean Institute Brasil (www.lean.org.br), entidade sem fins lucrativos referência no mundo nesse assunto, vai promover, dia 22 de março de 2011, o “Seminário Logística Lean”, que vai reunir alguns dos mais interessantes cases sobre o assunto, além de super especialistas, que vão detalhar como esse “movimento” vem ocorrendo entre as empresas brasileiras.

O Encontro vai ocorrer na AFRB (Associação de Funcionários da Robert Bosch), em Campinas, no interior de São Paulo, onde a Bosch, aliás, apresentará no evento seu case, que é uma dos mais interessantes sobre a aplicação do Sistema Lean na logística interna e externa da empresa.

“Já está provado que ao aplicar o Sistema Lean na logística as empresas eliminam desperdícios que antes estavam ‘escondidos’, assim como se tornam mais competitivas ao fortalecer suas cadeias de suprimentos e as empresas que as compõem”, resumiu o prof. José Roberto Ferro, Presidente do Lean Institute Brasil, um dos cinco maiores especialistas do mundo em Sistema Lean.

O Seminário vai reunir alguns dos mais relevantes cases de implementação do Sistema Lean na Logística, que vão detalhar, na prática, como as empresas estão conseguindo eliminar desperdícios e aumentar competitividade.

É o caso do case “Aumentando a produtividade no inbound”, que será detalhado pela Robert Bosch, empresa que registrou em 2009 um faturamento de R$ 3.4 bilhões – no Brasil desde 1954, atuando hoje aqui com tecnologia automotiva, tecnologia Industrial, bens de consumo e tecnologia de construção.

A Bosch vai detalhar como implementou o sistema “milk run”, típico do Sistema Lean, alcançando excelentes resultados, além do trabalho padronizado, controle do recebimento, tempo takt e andon – mecanismos que visam à ação rápida na solução de problemas e na determinação do ritmo no recebimento.

Outro exemplo é o case “Logística Lean para abastecimento interno”, que será apresentando pela empresa Parker Hannifin, companhia com vendas anuais de US$ 10 bilhões no ano fiscal de 2010, empresa que é referência mundial de tecnologias e sistemas de movimento e controle, que atua nos mercados comerciais, móveis, industriais e aeroespaciais.

A Parker vai detalhar como se tornou uma das pioneiras na aplicação da Logística Lean para abastecimento interno, atingindo resultados impressionantes em termos de produtividade e redução de estoques.

O evento também vai reunir uma série de palestras com alguns dos mais importantes especialistas em logística lean, sobre temas que vão detalhar como aplicar os conceitos na prática.

Por exemplo, a palestra “Logística Lean aumentando a competitividade da cadeia de suprimentos”, que será aplicada por Alexandre Cardoso e Alvair Torres, respectivamente Gerente de projetos e Especialista Lean do Lean Institute Brasil.

“A Logística Lean permite reduzir o tamanho dos lotes, aumentar a frequência e a eficiência da entrega por meio da eliminação de desperdícios”, resumiu Alvair Torres.

“Isso transforma a logística num diferencial muito competitivo no mercado globalizado de hoje”, completou Alexandre Cardoso, que também vai aplicar a palestra “Lean Fulfillment Stream, indo além da logística”, que vai detalhar como transformar as cadeias de suprimentos em processos integrados com a colaboração de todos os agentes, clientes, fabricantes e fornecedores – sempre na busca da competitividade.

“O objetivo é criar uma rede de colaboração na troca de informações, integração na logística e redução de desperdícios, o que permite, certamente, conseguir uma redução significativa no custo total da cadeia”, resumiu também Cardoso.

Além dos cases e das palestras dos especialistas, o Seminário ainda vai promover o debate “As dificuldades e os aprendizados na aplicação da Logística Lean”.

Público-alvo – O Encontro foi planejado para atingir diretores, gerentes e supervisores que atuam nas áreas de logística, supply chain, manufatura, compras, coordenação Lean e melhoria contínua, além de fornecedores e operadores logísticos, que atuam em diversos setores da indústria e de serviços.

Seminário Logística Lean, no dia 22 de março de 2011, na AFRB – Associação dos Funcionários da Robert Bosch – Portaria 06. Rodovia Anhanguera, km 98 – Vila Boa Vista – Campinas. (sentido Campinas – Monte Mor)

www.lean.org.br

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).

  • Reynaldo Lima

    Bom dia

    Gostaria de informações sobre cursos voltados a Gestão Logistica em São Paulo SP e se nestes cursos tem abrangencia em cálculos (Ex. movimentação mecanizada, movimentação braçal, pico de estoque, horas extras… )

    Att
    Reynaldo Lima.