Servindo cerveja pela parte debaixo do copo

Você ficou curioso com o título desta matéria? Veja os vídeos abaixo e a explicação a seguir sobre como esta máquina consegue servir cerveja pela parte debaixo dos copos.

O segredo não está na máquina, mas no copo. Na base do copo existe um anel feito de material magnético e um círculo que cobre este anel, também magnético. Se você servir um líquido neste copo, ele não vazará.

Quando colocado nesta máquina que você viu no vídeo, o círculo é empurrado para cima enquanto a cerveja é servida por baixo, numa velocidade muito maior que se fosse servida por cima. Segundo o fabricante, isto é uma vantagem para o consumidor, pois ele recebe mais chopp e menos espuma. Fica a critério de cada um julgar se o colarinho está adequado a não… o mais incrível é que os 2 imãs se desprendem apenas pela pressão que a cerveja faz ao ser empurrada para dentro do copo – e quando o copo está cheio, a própria pressão da cerveja (no copo cheio) faz os dois imãs se encontrarem novamente e lacrarem o fundo do copo!

Do ponto de vista da gestão do negócio, é fato que consegue-se servir muito mais cervejas por minuto – diminuindo-se a fila, incentivando mais pessoas a comprarem a sua. Isto é especilamente importante em jogos em grandes estádios, quando na hora do intervalo as pessoas correm para se “reabastecer” e não querem perder o reinício do jogo.

Estima-se que cada um destes copos custe algo em torno de 40 centavos (de dólar), enquanto um copo normal custaria não mais que 10 centavos. Mas este custo extra pode ser absorvido – ou até transformado em mais lucros – não só pelo serviço ser mais rápido e vender-se mais cervejas mas também porque é possível incluir publicidade nessas peças metálicas. Assim, é possível negociar com a distribuidora da cerveja ou com os times envolvidos no jogo em questão para estampar suas marcas nestes imãs e fazer uma entrada de caixa adicional.

A ideia não é deixar ninguém bêbado, mas fazer com que aquele fã que deixaria de comprar sua única cerveja por causa da fila tenha a oportunidade de comprá-lo num dos intervalos dos jogos (o discurso politicamente correto também vem da empresa fabricante da máquina).

Veja neste segundo vídeo mais detalhes do copo e do serviço:

O que achou?

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).

  • Walmor Sabino Filho

    Muito interessante e inovador, porém gostaria de saber o copo pode retornar a maquina ou somente é servido uma só vez pois ele agiliza a distribuição da venda e vem a fazer que se consuma mais

  • Andrea

    Bom Dia, gostaria de comprar essa maquina , como faço?

  • Fernando de Bras&iac

    Boa máquina excelente apresentação, gostaria muito de té-la.

    se souber como comprar me passa ok?

    abraços

    fernando

  • gilberto

    boa maquina parabens pela idéia.

  • Tambem gostaria como adquirir a maquina.

    abraços

  • Everson

    Boa tarde….fiquei fã da máquina, realmente é show. Saberia me dizer algum dado do fabricante, para tentar importar essa maquina?

    Grande abraço.

    Everson