Vale cria Centro de Excelência em Logística no Espírito Santo

A Vale acaba de inaugurar a sede do CEL – Centro de Excelência em logística, situado no Complexo de Tubarão, no Espírito Santo. O espaço irá reunir estruturas para pesquisas e capacitação de empregados que atuam em ferrovias, portos e navegação. A intenção é aumentar a qualidade dos serviços logísticos da Vale e, paralelamente, dar suporte ao aumento da produção da empresa, no Brasil e no exterior.

O CEL será uma das maiores estruturas integradas para treinamento e desenvolvimento de logística do Brasil. O projeto se caracteriza por uma mudança no conceito de formação técnica na Vale, com a ampliação de ensinamentos práticos. O espaço de 42 mil metros quadrados terá simuladores de operação ferroviária e portuária, biblioteca técnica, salas para treinamentos, simulador de carregamento de vagões, maquete para exercícios do regulamento operacional, sala de captação de conteúdo para construção de materiais didáticos, entre outras estruturas.

Em um mesmo local, será possível a aplicação de treinamentos técnicos de ferrovia, porto e navegação, com uma abordagem teórica e prática. Um técnico de manutenção poderá, por exemplo, aprender as técnicas em sala de aula, e, em seguida, fazer o conserto de uma via férrea em uma linha de trem real, que será instalada no espaço, ou aprender a realizar um reparo em uma correia transportadora e, na sequência, colocar em prática os ensinamentos em uma correia disponível no local.

Além da sede inaugurada em Vitória, o Centro nasce com estruturas e ações herdadas do Centro de Pesquisa em Treinamento (CEPET), projeto criado em 2002 que já capacitou mais de nove mil empregados com técnicas de segurança e qualidade na operação e manutenção ferroviária da Vale. Hoje, ampliando a atuação para porto e navegação, integram o CEL uma unidade em São Luís e a Valer Móvel, que atualmente atende a malha da Ferrovia Centro Atlântica (FCA). O Centro também atua em projetos internacionais, como a execução da trilha técnica na Colômbia e o projeto de formação profissional em estruturação para Moçambique. Para 2010, está prevista ainda a inauguração da segunda Valer Móvel.

Além de suprir a demanda da Vale, o CEL poderá desenvolver o conhecimento em logística de maneira geral, em função da baixa oferta de cursos e livros didáticos disponíveis sobre o tema no mercado brasileiro. Seguindo as orientações da Valer, área de educação da Vale, o material desenvolvido, referente a pesquisas e treinamentos, será disponibilizado em livros e apostilas, de forma que permita sua perpetuação e aplicabilidade.

Além da utilização do espaço para o desenvolvimento dos empregados, o Centro também será utilizado para a formação de mão de obra dos programas de fomento profissional e estudantes de instituições acadêmicas conveniadas a Vale. O CEL também será utilizado para as aplicações práticas dos projetos de desenvolvimento de pesquisas e tecnologias relacionadas à logística, que a Vale mantêm com instituições acadêmicas e tecnológicas no Brasil e exterior.

Fonte: INBRASC

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).

  • Marcos Cunha

    Sem sombras de dúvidas, esse site, tem sido um dos melhores veículos de comunicação logística da qual dispomos e, o quanto me tem sido útil quanto a importância e a veracidade dos fatos ao repassar tais informações aos meus alunos que tanto carecem de um mecanismo tão confiável em termos logísticos.