Bicicletas como meio de transporte urbano

Bixi aluguel de bicicletasUma das tendências em logística urbana é a tentativa de descongestionar o tráfego de veículos no centro das cidades. A maneira mais tradicional de se alcançar este objetivo é oferecer meios de transportes públicos eficientes, seguros e confiáveis. Algumas cidades têm ido além, e encorajando os cidadãos a usarem bicicletas para ir ao trabalho e escola, com a construção de ciclovias ou faixas exclusivas para tal.

No Brasil algumas cidades implantaram sistemas de ciclovias pensando não somente na mobilidade urbana, mas na saúde pública, pois incentiva as pessoas a fazerem uma atividade física ao invés de usarem seus automóveis, além de contribuir para a diminuição do aquecimento global.

Ao redor do mundo, algumas cidades fizeram um passo a mais: implantaram um excelente sistema de aluguel de bicicletas. Conheça abaixo um pouco mais deste sistema, e imagine se algo parecido poderia fazer sucesso em sua cidade.

Em Montreal, a segunda maior cidade do Canadá com quase 4 milhões de habitantes em sua região metropolitana, a prefeitura implantou em maio de 2009 o sistema Bixi. Atualmente são mais de 5000 bicicletas disponíveis para locação em mais de 400 estações de auto-serviço. No centro da cidade e nos bairros próximos ao centro encontra-se uma estação a cada 2 quadras, com espaço para em média 20 bicicletas.

Bixi bicicletaCada estação tem os espaços onde as bicicletas ficam disponíveis (presas no suporte) além de um aparelho para pagamento e liberação da bicicleta. O pagamento é feito com cartão de crédito ou com passes anuais, ao custo de 78 dólares (praticamente o mesmo custo do passe de 1 mês do metrô/ônibus). Também é possível comprar passes válidos por 24 horas (excelente para turistas) ou por mês. Durante o inverno, quando há muita neve, o sistema não funciona e as estações são retiradas. Uma curiosidade interessante sobre a estação é que ela funciona a base de energia solar, com um pequeno painel instalado junto de cada uma delas, não necessitando ligaçõs elétricas externas. A comunicação para pagamento via cartão de crédito na máquina é feito sem fio, com a mesma tecnologia das máquinas usadas para pagamento de estacionamento urbano da cidade.

As bicicletas são feitas em uma única peça de alumínio, com todos os cabos/correntes protegidos para evitar vandalismo e diminuir as chances de avarias. Os pneus são especiais para tornar mais difícil um furo e nitrogênio é utilizado para manter a pressão constante.

Bixi aluguel de bicicleta em Montreal, CanadáO sistema Bixi foi exportado para outras cidades e outros países, e recentemente foi instalado em Londres na Inglaterra e assim como em Montreal a população utiliza bastante o sistema. Já existem também em cidades da Austrália, Estados Unidos e outras cidades do Canadá. As bicicletas ficam em pontos estratégicos: estações de metrô, ao lado de pontos de ônibus, pontos turísticos, universidades e grandes prédios comerciais. Mas nem só da disponibilidade de bicicletas se consegue o sucesso.

No Brasil, a cidade do Rio de Janeiro oferece um sistema com 190 bicicletas em 19 pontos espalhados em alguns bairros da cidade.

faixa exclusiva para bicicletasÉ preciso que a cidade esteja adaptada para a circulação das mesmas, com faixas exclusivas para os ciclistas e ciclovias nas grandes avenidas. Em Montreal, junto do sistema Bixi a cidade teve as grandes ruas pintadas com uma faixa para os ciclistas poderem desfrutar com tranquilidade e segurança em seus deslocamentos, como mostra a figura ao lado.

Como é a situação na sua cidade? Existem ciclovias e é seguro transitar de bicicleta? Deixe um comentário dizendo sua cidade e qual a situação dela, vamos comparar as diferentes regiões do Brasil.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).