Carreira

Carreira
Profissionais consideram essencial ter uma pós, mas nem sempre ela é vantajosa

Profissionais consideram essencial ter uma pós, mas nem sempre ela é vantajosa

Por Camila F. Mendonça*

Buscar aprimoramento profissional por meio de cursos de especialização é a saída mais comum no mercado de trabalho. Essa é a avaliação dos próprios profissionais. Para 52% deles, a certificação de uma pós-graduação é um dos melhores caminhos para se ter uma carreira bem-sucedida.

O levantamento, feito pela Trabalhando.com com 250 profissionais, também mostra que 29% deles acreditam que ter em seu currículo uma pós é importante, mas não fundamental. Já 12% dizem ser irrelevante essa certificação, ao passo que 8% acreditam que ela ajuda, mas não é determinante para a carreira.

Para o diretor-geral da Trabalhando.com, Renato Grinberg, a percepção dos profissionais de que uma pós-graduação é importante para o desenvolvimento da carreira está alinhada à do mercado de trabalho. “Em meio à tanta competitividade, destaca-se quem tem experiência profissional e qualificação”, afirma. “Para isso, cada vez mais os profissionais buscam especializar-se na área em que atuam, assim suas chances de alcançar o sucesso aumentam”, completa.

Saiba qual o preço de um MBA barato no seu currículo

Por Infomoney

mba mercado profissão logísticaTer um curso de MBA (Master Business Administration) no currículo já não é garantia de diferencial no mercado brasileiro. Embora não exista um levantamento preciso de quantas especializações do tipo existem no Brasil, já que os cursos se enquadram na categoria de pós-graduação lato senso e, consequentemente, não são avaliados pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) do MEC (Ministério da Educação), a estimativa da Associação Nacional de MBA é que existam mais de nove mil cursos. Poucas escolas, no entanto, desfrutam de renome no mercado e as que têm esse reconhecimento costumam praticar preços mais elevados – superiores a R$ 20 mil.

Então, optar por um curso mais barato significa algum tipo de exclusão no mercado, certo? A resposta é não, mas também é sim. A consultora da DDI Consultores do Brasil, Priscila Giglio, ressalta que algumas escolas realmente têm um conceito melhor entre recrutadores, empresários e executivos, mas o que tem mais peso na análise de um profissional, efetivamente, é o equilíbrio entre vários fatores. “Percebemos que as empresas avaliam um conjunto entre a experiência, aptidões, habilidades e o que efetivamente foi assimilado do curso realizado”, explica.

Comece o ano com emprego novo

novo empregoNada melhor do que começar o ano inserido no mercado de trabalho. O período, de acordo com especialistas, é propício para boas oportunidades, em função da baixa concorrência das férias.

Assim como os candidatos, as empresas começam 2011 colocando no papel os desafios e as metas a serem cumpridas ao longo dos próximos 12 meses. Para obter êxito, elas precisam de mão de obra especializada.

De acordo com o portal de vagas e candidatos Infojobs, só na primeira semana do ano, foram cadastradas mais de 395 mil oportunidades que atendem a diversas áreas e níveis hierárquicos.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o índice de desemprego no País ficou em 5,7% em 2010, o menor registrado nos últimos anos. Reflexo desse momento, o ano novo traz com ele novas oportunidades de contratação, além de mais vagas formais por todo o Brasil.

O mercado de TI e seus desafios

ti tecnologia da informação  e a logísticaA área de TI – Tecnologia da Informação – pode ser definida de maneira ampla como o conjunto de todos os processos, soluções e atividades que são realizados por intermédio de computadores, sejam eles grandes servidores ou pequenos computadores de mão.

A TI se integra com as mais diversas áreas da organização, e a integração com a logística já foi discutida aqui no Logística Descomplicada: se você ainda não leu, confira “Tecnologia da Informação (TI) e logística – como funciona essa integração?“. No texto abaixo, você encontrará os desafios da área, as perspectivas do mercado e como estão as oportunidades para os profissionais do ramo.

Quem vem depois da Geração Y? Novo perfil de profissional já sonda o mercado

geração z tecnologia gearção yA Geração “Y” mudou o mercado de trabalho. Ansiosos por um crescimento rápido na carreira, os profissionais dessa geração alteraram a dinâmica e a hierarquia das empresas. E essas alterações foram tão profundas que pareciam ser as únicas sofridas pelo mercado. Contudo, mal a “Y” se estabeleceu e uma nova geração já promete mudar, de novo, a dinâmica do mercado.

Eles nem entraram no mercado de trabalho e já dão sinais de que vieram para causar mudanças tão intensas quanto as provocadas pela Geração “Y”. Para a gerente-geral da Right Management, Eliane Saad, ainda pairam dúvidas no ar sobre as exatas características da chamada Geração “Z”, até com relação ao seu início. Muitos afirmam que fazem parte dessa geração aqueles que nasceram em 1990. Há quem diga que somente aqueles que nasceram a partir de 1994 são considerados “Zs”. Para Eliane, essa nova leva de profissionais nasceu a partir do ano 2000.

Como a Geração “Y”, os profissionais da Geração “Z” têm ânsia por crescer. Diferentemente da geração atual, contudo, os novos profissionais que começarão a entrar no mercado daqui há alguns anos estão preocupados com outras questões para além do sucesso dentro da empresa. “Eles não querem crescer a qualquer preço”, ressalta Eliane.

Dicas para o Trabalho de Conclusão de Curso (modelo de TCC para download)

Modelo de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC downloadMotivo de desespero e orgulho, um trabalho de conclusão de curso é sempre motivo para dores de cabeça. Seja um TCC de graduação, uma dissertação de mestrado ou um breve artigo científico, eles são garantia de que o autor terá semanas (ou meses) de muito trabalho, mas que normalmente é motivo de orgulho depois de terminados. Os TCCs representam a soma de conhecimentos sobre um tema, que você acumulou ao longo de meses de trabalho, e culminam com a sua graduação no curso.

Antes disso, porém, é preciso definir o tema e pôr as mãos à obra. Iniciar um trabalho de conclusão de curso é uma tarefa difícil e ele é cheio de regras, muitas vezes complicadas, mas que ajudam a manter a ordem e colaboram para que o resultado final seja de excelente qualidade.

Veja abaixo as 5 etapas a serem seguidas num trabalho acadêmico e aproveite para fazer o download do modelo de trabalho de conclusão de curso oferecido ao final da matéria! Afinal, você sabe a diferença entre quadro e tabela? E entre apêndice e anexo? Não sabe?  No modelo abaixo você descobrirá!

O que faz um Técnico de Segurança do Trabalho?

No dia 27 de novembro comemora-se o dia do Técnico de Segurança do Trabalho no Brasil. Você sabe o que faz este profissional?

Regularizada pela Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985, a profissão de técnico de segurança do trabalho é contemplada com uma área de atuação que pode ser desenvolvida em diversos segmentos.

Isso porque indústrias, construção civil, hospitais, empresas comerciais, entre outros segmentos podem contar com os serviços deste profissional, responsável por assuntos relacionados à segurança e higiene do trabalho, instalações, além de indicar as providências a serem tomadas para resolver esse tipo de problema.

Os 10 mandamentos de um vendedor bem sucedido

vendas - negócio fechado!O assunto de hoje é relacionado ao setor de vendas: afinal, é através de uma operação de venda que se inicia o fluxo logístico, com deslocamento de produtos para um lado e de dinheiro para o outro (e de informações para os 2 lados).

Já falei em outra matéria aqui do site que o número de estudos e cursos nesta área é enorme, na busca por fechar a melhor compra, ganhando alguns centavos e aumentando a competitividade. Já vi negociações durarem horas por conta de um centavo, pois o produto seria transportado aos milhares da China para o Brasil. Assim, se em cada produto o comprador economizasse US$ 0,01 isto se converteria em US$ 1.000 num único lote de 100 mil peças. O esforço valia a pena e o comprador sabia disso (essa única negociação pagaria o seu salário!). Obviamente, o negócio devia ser bom para ambas as partes, o vendedor precisa saber até onde pode negociar o preço e a hora de parar.

Trabalhar como vendedor não é uma atividade tranquila. Estes profissionais têm de cumprir metas, conhecer os produtos e serviços, atender e principalmente conquistar os clientes. Mas por que alguns vendedores são bem-sucedidos e outros não são? A palavra chave é o conhecimento: um vendedor bem-sucedido busca ter conhecimento e informações além do que é exigido pela profissão.

Por isso, conheça abaixo os 10 mandamentos de um bom vendedor (e a lista se aplica à diversas outras profissões):

O que faz um coordenador corporativo de logística?

coordenador / coordenação de logísticaResponsável por boa parte da logística de uma grande organização, o coordenador corporativo de logística tem grandes responsabilidades em suas mãos (e nas mãos de sua equipe). Para entender melhor esta função, entrevistamos hoje Cleiton Lourenço, que atua na Seara Alimentos, uma empresa do grupo Marfrig.

Dentre outras informações, Cleiton destaca a importância da qualificação profissional através da educação, valoriza o mestrado como forma de aliar conhecimento prático com geração de conhecimento acadêmico e mostra que a logística não pode restringer-se apenas ao seu próprio departamento, mas precisa enxergar a empresa como um todo.

Como conselho àqueles que querem ingressar na área, Cleiton afirma: “buscar aprimoramento constante e isso inclui cursos extras, línguas, ter  liderança, determinação, enfim tudo que possa contribuir para o seu crescimento profissional”. Esta é a agitada vida do profissional de logística. Confira a entrevista na íntegra abaixo:

Entrevista de emprego? Veja as 10 perguntas mais frequentes e esteja preparado

entrevista de emprego - esteja preparadoAntes de uma entrevista de emprego, é normal o nervosismo tomar conta do candidato. É nesse momento que sempre tem alguém que diz: “É só se preparar que dá para se sair bem”. Mas, como se preparar para uma entrevista? Saber o que pode ser abordado na conversa ajuda.

“De uma maneira geral, existem três temas que abordamos na entrevista: perfil técnico, comportamental e histórico familiar”, comenta a consultora de Recrutamento e Seleção da Ricardo Xavier Recursos Humanos, Ana Paula Mendes Oliveira. A ideia de abordar esses três assuntos é avaliar as expectativas do profissional às necessidades da empresa. “Quando você está com um currículo na mão, é preciso entender como o profissional conseguiu a formação e as competências que estão no currículo dele”, reforça a consultora.

Para a consultora de Recursos Humanos da Catho Online, Patrícia Pereira, as empresas procuram saber sobre a vida profissional do candidato e avaliam como ele se comporta em um ambiente de trabalho. “Avaliam como ele pode contribuir para o desenvolvimento da organização, se apresenta as competências desejadas para o cargo pretendido e se possui perfil para trazer os resultados que a empresa precisa”, afirma.

Pages