O que faz um coordenador corporativo de logística?

coordenador / coordenação de logísticaResponsável por boa parte da logística de uma grande organização, o coordenador corporativo de logística tem grandes responsabilidades em suas mãos (e nas mãos de sua equipe). Para entender melhor esta função, entrevistamos hoje Cleiton Lourenço, que atua na Seara Alimentos, uma empresa do grupo Marfrig.

Dentre outras informações, Cleiton destaca a importância da qualificação profissional através da educação, valoriza o mestrado como forma de aliar conhecimento prático com geração de conhecimento acadêmico e mostra que a logística não pode restringer-se apenas ao seu próprio departamento, mas precisa enxergar a empresa como um todo.

Como conselho àqueles que querem ingressar na área, Cleiton afirma: “buscar aprimoramento constante e isso inclui cursos extras, línguas, ter  liderança, determinação, enfim tudo que possa contribuir para o seu crescimento profissional”. Esta é a agitada vida do profissional de logística. Confira a entrevista na íntegra abaixo:

Cleiton, explique para os leitores do Logística Descomplicada o que é o seu trabalho e as atividades que são sua responsabilidade como coordenador corporativo de logística na Seara?

Como coordenador corporativo de logística da Seara (uma empresa do grupo Marfrig), sou responsável pela armazenagem frigorificada, responsável pela contratação e administração do contrato de operadores logísticos ligados a armazenagem em todo o Brasil, apesar de nossa atuação se restringir ao sul e sudeste brasileiro. Coordeno a distribuição da produção nos armazéns frigoríficos, minha equipe determina o local de estoque de determinado produto, também sou responsável pela logística reversa de avarias, devoluções, produtos segregados e tudo que é necessário retornar para os abatedouros ou para disposição final.

E qual a sua formação e como ela ajuda na execução de suas tarefas?

Minha formação é a seguinte:
–  Mestrado em Logística e transporte – Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina (2009);

–  Pós-graduação – MBA em Gestão Empresarial – Instituto Nacional de Pós-Graduação (INPG) – SP (2002);

–  Graduação em Administração com Habilitação em Comércio Exterior – Univali Universidade do Vale do Itajaí. Itajaí – SC (2001);

–  Cursos de desenvolvimento e aprimoramento nas áreas de logística e comércio exterior, como: logística empresarial, gestão de custos logísticos, distribuição física de produtos, estratégia logística, – localização de CDs, transporte, crossdocking, estratégias de mercado internacionais,  finanças empresariais, informática.

O curso de mestrado, minha mais recente formação, contribuiu sobre maneira para consolidar o conhecimento já adquirido na prática, mesmo sofrendo uma certa forma de preconceito na empresa, a maioria dos profissionais acreditam que o curso de mestrado é importante apenas para quem tem interesse de lecionar, e muitas vezes não entendem por que ele é importante. Com o curso de mestrado você consegue unir prática com academia e isso contribuiu muito para a construção do conhecimento.

Em quais outros cargos/atividades na área logística você atuou antes da sua atual ocupação? O que você destaca destas experiências?

Antes desta função eu tive uma experiência na área comercial da empresa, isso me ajuda muito a entender o que o cliente precisa e o que a empresa precisa fazer para atender suas necessidades; antes disso também passei pela área de planejamento logístico, que faz o trabalho operacional do planejamento, a formação de carga, bem como acompanhei a operação de embarque dos containers para o exterior, tenho certeza que o conhecimento adquirido nestas funções anteriores me ajudam a ter uma visão ampla da empresa e isso  contribui para a gestão a qual sou responsável hoje.

Vale a pena ressaltar ainda que antes desta atividade trabalhei no setor financeiro (em um banco) e isso também me ajuda a ter a preocupação com resultados financeiros para a empresa, bem como com a gestão dos custos da minha área.

Que tipo de cursos você recomenda que sejam feitos para alguém que deseje ingressar na área logística, assim como você?

Atualmente eu considero que ter domínio sobre duas áreas são muito importante para o profissional de logística moderno, são elas:

1) Tributária – principalmente no Brasil onde a gestão de impostos e tributos influenciam  no processo logístico operacional, e às vezes acaba prevalecendo sobre uma operação racionalizada.

2) Tecnologia aplicada a logística – o mundo passa por uma transformação muito rápida de tecnologia, isso obriga o profissional de logística a se atualizar constantemente e se preparar para os novos conceitos e desafios que surgem todos os dias nas empresas. O grande responsável por isso é o comércio eletrônico.

Então acredito que cursos nestas áreas são de fundamental importância para os profissionais de logística, também considero de suma importância a leitura e aprofundamento em temas relacionados a área em sites, jornais, revistas e livros, é neste quesito  que o site Logística Descomplicada pode oferecer um conteúdo interessante e atualizado para seus leitores.

O conhecimento de línguas estrangeiras também pode contribuir muito para os profissionais, principalmente para os que atuam em empresas multinacionais, mas é importante ressaltar que somente o conhecimento de línguas não é relevante, o profissional precisa conhecer os processos e operação que se propõe a atuar.

Qual a principal dificuldade que você enfrenta na realização de suas atividades?

Para mim a logística tem uma função importante na gestão das empresas que muitas vezes não é vista como sua responsabilidade direta, ela precisa integrar os diferentes departamentos, buscando a otimização de processo e a economia financeira para a empresa, no entanto esta é a principal dificuldade no dia-a-dia, o profissional que consegue uma bom transito com marketing, finanças, tributário, etc consegue reunir ferramentas importantes na resolução de problemas para empresa.

Para seguir nesta carreira, o que você sugere que seja feito?

Acho que já respondi um pouco em questões anteriores, acredito que uma frase resume tudo “buscar aprimoramento constante” e isso inclui cursos extras, línguas, ter  liderança, determinação, enfim tudo que possa contribuir para o seu crescimento profissional, principalmente nas duas áreas que destaquei acima.

Muito se fala sobre o crescimento da área logística e sobre como ela vem ganhando mais importância. A partir de sua experiência e baseado na sua visão de negócios como executivo da área, você concorda que este crescimento será mantido por alguns anos?

Nosso país vive um momento especial, esta década que se inicia em janeiro de 2011 será definitivamente a década do Brasil, o país precisa concretizar um crescimento que há tanto é esperado, fatos importantes acontecerão nesta década, o pré-sal, as olimpíadas, a copa do mundo de futebol, tudo isso vai contribuir para a visibilidade do país no exterior e isso deve reverter em considerável crescimento econômico neste período.
Especificamente para nós, profissionais de logística, os desafios de um crescimento econômico acelerado irão se concentrar na infra-estrutura física do país para suportar este crescimento, certamente muitas oportunidades aparecerão para aqueles que estiverem preparados.

O aprimoramento da legislação ambiental também abrirá um enorme campo de atuação com a logística reversa, que em curto espaço de tempo será obrigatória para alguns setores.

Veja mais matérias na série especial sobre carreira e profissão na área de logística.

Para não perder nenhuma matéria, você tem várias opções para receber as notícias da maneira que achar mais conveniente: feed, email, Twitter… escolha seu jeito preferido de receber todas as atualizações do site automaticamente.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá. Conheça mais no menu Sobre (acima).