combustível

Combustíveis: entendendo os aumentos

Combustíveis: entendendo os aumentos

Há alguns meses foram abordadas as questões logísticas sobre o desabastecimento de combustíveis no Brasil nos artigos “Vai faltar combustível, carros não!” e “A inevitável…

Brasil reafirma seu pioneirismo na produção do etanol

Como parte de uma iniciativa para diversificar as fontes de suprimento para geração de energia elétrica e estimular a produção de combustíveis renováveis, a Petrobras inaugurou nesta terça-feira, 19, a conversão da primeira térmica do mundo a operar com etanol, na usina termelétrica de Juiz de Fora (MG). A cerimônia contou com a presença do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

A usina, que faz parte do parque gerador da estatal petrolífera, operava apenas com gás natural e inovará suas operações passando a operar no sistema flex-fuel (bicombustível). Inédita no mundo, a operação com etanol, iniciada no último dia 31 de dezembro, encontra-se em testes para otimização.

A escolha da unidade mineira para a conversão foi motivada principalmente pela disponibilidade de área e pelas turbinas derivadas do uso aeronáutico, que já eram utilizadas na UTE JF.

Pioneiro no uso do etanol para veículos e o segundo produtor mundial desse combustível renovável, o País abre uma nova fronteira para o uso do etanol no mercado mundial: a geração de energia elétrica, tanto no país como no exterior. Países importadores de combustíveis líquidos e gasosos, como o Japão, são mercados potenciais para esse uso.