erros

Principais erros a serem evitados no estágio

estagiário erros a evitarConseguir um estágio é uma conquista e tanto para qualquer profissional em início de carreira. Contudo, passada a euforia, o estagiário precisa se assegurar de que não cometerá impropriedades no ambiente de trabalho que possam prejudicar seu desenvolvimento profissional e comprometer uma possível efetivação.

Para evitar tropeços graves, o estudante deve ter em mente que não é só porque é estagiário que tem o direito de cometer um erro atrás do outro e se comportar como se não precisasse ter responsabilidades. “Ao contrário, o estagiário já deve se comportar e se comprometer como um profissional”, reforça a gerente de treinamento do Nube, Carmen Alonso.

“Um estágio abre muitas portas, especialmente quando você mostra que tem opinião, conhecimento e vontade de crescer na profissão”, ressalta o consultor da Cia. de Talentos Vitor Pascoal.

Evite erros

Equívocos nos processos de trabalho são aceitáveis, já que o estágio tem como proposta justamente ensinar o estudante a prática da profissão que ele escolheu e estuda. Contudo, existem erros de conduta que, se cometidos, maculam a imagem do futuro profissional.

Os dez principais erros na cadeia de suprimentos

top 10 erros das cadeias de suprimentosAs cadeias de suprimentos têm grande poder de gerar valor ao acionista e acima de tudo, sua gestão se reflete no valor final dos produtos. Pesquisas apontam que os custos da cadeia de suprimentos representam até 50% do valor final dos produtos.

Confira abaixo 10 conceitos, trabalhados com erros costumeiros, identificados na maioria das tentativas de desenvolvimento da cadeia de suprimentos que levam a perda de oportunidades de grande geração de valor. As implementações fracassadas na cadeia de suprimentos estão diretamente relacionadas ao resultado financeiro das atividades empresariais, onde 30% dos produtos novos não conseguem retornos semelhantes aos seus antecessores, devido, entre outros a:

  • Programas implementados por pessoas sem habilidades ou treinamentos específicos;
  • Empresas relacionam exercícios na cadeia de suprimentos a redução de custos ou implementação de tecnologias;
  • Empresas vêm a cadeia de suprimentos apenas como algo interno a empresa.

Curso: gestão de estoques

Não poderia faltar um curso sobre gestão de estoques.

Este curso visa preparar os participantes para a utilização das técnicas de gestão de estoque. – Viabilizar uma gestão de estoque eficaz. – Habilitar os participantes na utilização de técnicas de previsão de demanda. – Viabilizar a correção antecipada de variações do consumo em função do aumento de utilização. – Estruturar as áreas de padronização de materiais por intermédio de procedimento matemático. – Permitir avaliação do desempenho e da performance das áreas de gestão de materiais.

Após este treinamento, o participante estará apto para efetuar a minimização de erros de previsão, permitir reduções de estoques, economia pela redução de número de itens, avaliação de desempenho e performance da gestão e saneamento de estoques.

Assuntos que serão abordados neste curso: