europa

A hora de pagar a conta

A hora de pagar a conta

Só se fala em crise. Assim como tudo tem seus altos e baixos, a economia do Brasil não fugiria à regra. Mas, o que há…
Quem quer dinheiro?

Quem quer dinheiro?

Até seria engraçado se por trás dessa “brincadeira” não se escondesse um perigo tão grande para países como o Brasil devido à impressão de dinheiro…
Faltam acordos comerciais

Faltam acordos comerciais

Olhando friamente os números, não há dúvida que o comércio internacional praticado pelo Brasil cresceu bastante nos últimos 15 anos: afinal, em 1996, o País…

Desafios do transporte intermodal entre América Latina e Europa

A I Conferência do projeto ENABLE será realizada no Rio de Janeiro no dia 18 de novembro de 2010, com o tema “Desafios do transporte intermodal entre América Latina e Europa: combinando as melhores práticas da União Europeia com as perspectivas da América Latina”. O objetivo central da Conferência é a identificação das linhas de ações e possíveis soluções para as barreiras encontradas no transporte de carga entre União Europeia e América Latina, a partir do ponto de vista dos operadores. Participam instituições do Brasil, Argentina, Bélgica, Espanha, Finlândia e Grécia.

O Evento faz parte do projeto ENABLE, financiado pela Comunidade Européia, cuja meta é contribuir para a sustentabilidade dos sistemas de transporte de carga entre países europeus e latino-americanos, com ênfase na intermodalidade e multimodalidade.

Vulcão, caos aéreo na Europa e a logística

O vulcão da Islândia que continua lançando cinzas na atmosfera continua causando caos aéreo na Europa.

vulcão ativo Islândia - caos aéreo EuropaO vulcão Fimmvorduhals da geleira Eyjafjallajoekull, localizado na Islândia voltou a tornar-se ativo na última quinta-feira (15 de abril) e desde então lança cinzas na atmosfera, que foram carregadas pelo vento e chegaram à Europa.

Pelo risco de problemas nos aviões, o espaço aéreo em boa parte da Europa foi fechado (veja quadro abaixo). Não há previsão de retorno à normalidade, e a situação depende da natureza: o vulcão precisa parar de lançar cinzas e os ventos precisam colaborar para a dispersão das mesmas.

O maior caos aéreo da história mundial já cancelou mais de 17.000 vôos em três dias, atingiu mais de 30 milhões de passageiros e causou um prejuízo de mais de R$ 2 bilhões somente para as companhias aéreas britânicas.

Neste sábado havia aeroportos fechados em 27 países Europeus, que causavam efeitos em cascata pelo mundo, com cancelamentos de decolagens nos outros continentes e impediam os passageiros de movimentar-se pelos ares europeus. A expectativa é que a nuvem de cinzas vulcânicas atinja outros países nos próximos dias, e cientistas acreditam que um vulcão vizinho possa entrar em erupção, piorando a situação. Na última vez que este vulcão esteve ativo ele lançou cinzas na atmosfera por 2 anos (há 200 anos).