financeira

Curso: Cálculos financeiros em compras

Curso: Cálculos financeiros em compras

DESCRIÇÃO Este curso visa dar fundamento e aprimorar os conhecimentos financeiros envolvidos num processo de compras, proporcionando a otimização e maximização dos recursos e das…
Curso: Cálculos financeiros em compras

Curso: Cálculos financeiros em compras

DESCRIÇÃO Este curso visa dar fundamento e aprimorar os conhecimentos financeiros envolvidos num processo de compras, proporcionando a otimização e maximização dos recursos e das…
Curso: Cálculos financeiros em compras

Curso: Cálculos financeiros em compras

DESCRIÇÃO Este curso visa dar fundamento e aprimorar os conhecimentos financeiros envolvidos num processo de compras, proporcionando a otimização e maximização dos recursos e das…
Curso: Cálculos financeiros em compras

Curso: Cálculos financeiros em compras

DESCRIÇÃO Este curso visa dar fundamento e aprimorar os conhecimentos financeiros envolvidos num processo de compras, proporcionando a otimização e maximização dos recursos e das…

Decisões financeiras em logística

livro sobre decisoes financeiras em logisticaO gestor financeiro sabe que existe uma relação direta entre o retorno (através do valor da taxa de juros) e o risco associado à cada operação. Quanto maior o retorno, maior o risco. Operações de baixo risco normalmente não oferecem um retorno muito grande.

Desta forma, o gestor de uma empresa precisa conhecer um pouco de matemática financeira e contabilidade. Deste modo, será possível perceber cenários e compreender o impacto da gestão nos resultados econômicos e financeiros da empresa. Para as decisões de cunho logístico, a situação é a mesma.

O que vale mais a pena: trocar a frota ou terceirizar o transporte? Produzir internamente ou comprar pronto? Estocar in house ou utilizar um operador logístico?

Integração entre a cadeia de suprimentos física e financeira: como aumentar o valor

integração de cadeia de suprimentoExistem duas cadeias de suprimentos diferentes: a física e a financeira. Não basta melhorar individualmente as cadeias de suprimentos física e financeira, mas é preciso cuidar da interface, da integração entre elas. Além de melhorá-las deve-se integrá-las, pois esta integração permite ganhos econômicos no final.

A cadeia física foca em atividades logísticas como transporte e armazém de forma isolada. Trabalhando estas duas atividades de forma integrada vários benefícios podem surgir tais como: ganho de tempo, redução de custos dos inventários e aumento de atividades conjuntas.

Por outro lado as empresas estão integrando sua cadeia de suprimentos financeira, direcionando o fluxo de informações com softwares específicos.  Os ganhos de eficiência geram grande capacidade de monitorar e estimar os recebíveis, a necessidade de capital de giro e conseqüentemente melhorar sua situação financeira.

A proposta é integrar as duas cadeias para agregar valor a cadeia como um todo. Mas muitas ineficiências permanecem, impedindo uma integração total. Uma empresa possui um processamento automático de aquisição de materiais, mas os compradores tem que acessar outros sistemas ou até mesmo realizar offline para realizar os pagamentos. Como conseqüência há um aumento no tempo de conclusão de todos os procedimentos.