indicador

Como simplificar sua Cadeia de Abastecimento

Como simplificar sua Cadeia de Abastecimento

Simplicidade pode ser algo complicado... principalmente na perspectiva da cadeia de abastecimento. Num conceito básico, as empresas devem revisar seus processos, incluindo suprimentos (compras), estocagem…
Indicadores de desempenho para o planejamento e controle de estoques

Indicadores de desempenho para o planejamento e controle de estoques

Nas matérias sobre os indicadores de desempenho, você já viu exemplos de métricas para avaliar os transportes e também a logística interna (movimentação e armazenagem). E o objeto do transporte e da armazenagem? Estamos falando dos produtos que estarão disponíveis para venda.

Manter os estoques no nível adequado não é uma tarefa fácil. Requer coordenação entre compras, vendas, previsão e planejamento da demanda. Estoques muito alto garantem o atendimento da demanda mas incorrem em custos elevados. Estoques baixos garantem baixos custos de manutenção mas corre-se o risco de perder vendas, que representam um custo intangível muito elevado.

Vejamos alguns indicadores de performances para gestão de estoques:

Indicadores de desempenho para o processamento de pedidos e atendimento ao cliente

Indicadores de desempenho para o processamento de pedidos e atendimento ao cliente

Atender bem o cliente é essencial. Não é apenas uma questão de marketing, é questão de sobrevivência. O mercado está competitivo, se você não tratar bem seu cliente, seu concorrente o fará.

Para garantir que você não caia nesta armadilha, é preciso acompanhar de maneira simples e eficaz como anda o processo de acompanhamento dos pedidos e de atendimento ao cliente. Uma forma de fazer este acompanhamento é através de indicadores de desempenho. Eles permitem obter métricas quantificáveis e comparáveis para avaliar se o processo tem melhorado ao longo do tempo.

Conheça alguns indicadores de desempenho para a área de processamento de pedidos e atendimento aos clientes. Assim você terá medidas numéricas para avaliar o desempenho de sua organização:

Indicadores de desempenho para o setor de movimentação e armazenagem

Indicadores de desempenho para o setor de movimentação e armazenagem

Depois de entender o que são os indicadores de desempenho, saber o que levar em consideração para escolher bons indicadores de desempenho e conhecer alguns exemplos de indicadores de desempenho para o setor de transportes, chegou a hora de conhecer alguns exemplos para o setor de movimentação e armazenagem.

Depois do setor de transportes, este é talvez o mais conhecido dentro da logística. Envolve a parte de movimentação interna e a guarda dos produtos dentro do armazém. Fazer o controle efetivo destas atividades é, portanto, essencial para qualquer empresa que mantenha estoques de seus produtos.

Como destacado nas matérias anteriores, cada empresa deve adaptar os indicadores para suas necessidades particulares e nem todo indicador é apropriado para todas as empresas. Portanto, considere os exemplos abaixo com cautela e leia as matérias relacionadas abaixo se você deseja implantar algum destes indicadores de desempenho logístico em sua empresa.

Indicadores de desempenho (KPI) para transportes

Indicadores de desempenho (KPI) para transportes

Você tem acompanhado as últimas matérias que trataram sobre a importância dos indicadores de desempenho e sobre como escolher bons KPIs para sua empresa.

Nesta matéria veremos alguns exemplos de indicadores de desempenho para o setor de transportes, um dos mais importantes para a logística e para o mercado de modo geral, pois seu custo tem impacto direto nas finanças das empresas e no custo dos produtos pagos pelo consumidor final.

Para conhecer mais sobre o setor de transportes, veja estas matérias: Brasil é o último em ranking de transporte, Custo Brasil – situação do transporte de cargas e Pesquisa Infraestrutura: rodovias brasileiras.

Agora vamos mostrar alguns indicadores, o que eles significam e como devem ser calculados:

Estratégia competitiva

Estratégia competitiva

No momento em que tratamos sobre indicadores de desempenho e sobre como escolher os melhores indicadores de desempenho para cada empresa, voltamos a destacar a importância da estratégia adotada pela empresa.

Assim como os indicadores devem ser escolhidos individualmente, olhando com cautela para cada caso, as estratégias também são únicas. Cada empresa deve escolher a sua, com muito cuidado depois de analisar suas habilidades, suas fraquezas, o mercado consumidor e os concorrentes. Só depois de analisar com critério esses elementos poderá decidir como vai competir. Essa será a estratégia competitiva da organização.

No entanto, definir a melhor estratégia competitiva não é uma tarefa tão simples quanto parece. Os conceitos básicos de administração estratégica que as empresas devem adotar a fim de enfrentar o desafio diário de competir com outras companhias no ambiente acelerado e global em que vivemos atualmente são bastante intrincados e complexos. Por isso, recomendo hoje a leitura do livro Estratégia Competitiva, onde são examinados, além de tópicos tradicionais da administração estratégica, outros assuntos importantes a fim de auxiliar no preparo do leitor para uma carreira gerencial bem-sucedida

Como melhorar suas operações usando indicadores de desempenho?

Como melhorar suas operações usando indicadores de desempenho?

Os indicadores de desempenho, também chamados de KPIs (key performance indicators) são medidas de desempenho quantificáveis que ajudam as empresas a definir, avaliar, acompanhar e melhorar seu desempenho em áreas consideradas importantes para a organização.

Por refletirem aspectos estratégicos da empresa, devem ser cuidadosamente selecionados, para que os colaboradores possam olhar para o indicador, tentar melhorá-lo, e com isso, melhorar o desempenho geral da empresa. Assim, servem para direcionar os esforços da equipe para aquilo que a alta gerência considera importante.

Mas quais são os indicadores mais indicados para cada empresa? O segredo é customizar a seleção dos indicadores, para que eles reflitam uma situação que é única para cada empresa. Não se deve utilizar todos os indicadores disponíveis, isto seria uma enorme perda de tempo. Aqui, a regra do Pareto é válida: poucos são vitais, a maioria é trivial. Um departamento que tenha 5 bons KPIs está no caminho certo para direcionar seus esforços para a melhoria contínua naqueles itens escolhidos, que serão sua vantagem competitiva.

Indicadores de Desempenho Logístico (KPI)

Indicadores de Desempenho Logístico (KPI)

Os indicadores de desempenho, também chamados de Indicadores Chave de Desempenho (ou Key Performance Indicator – KPI – em inglês) servem para avaliar e medir o nível de desempenho de processos chaves para a empresa.

São muito utilizados pela alta gerência para direcionar os esforços dos colaboradores e funcionários para a melhoria dos índices mais importantes.

Os indicadores de desempenho são únicos para cada empresa, pois devem refletir a estratégia da mesma. Assim, na área de logística, para algumas empresas um indicador importante será relacionado ao tempo, enquanto para outras será o custo ou a qualidade.

Além disso, os indicadores de desempenho devem ser usados não apenas para avaliar processos internos, mas também os processos externos, avaliando os parceiros da cadeia de suprimentos.

Estratégias e Indicadores de Desempenho

Os indicadores de desemindicadores de desempenhopenho, também chamados de KPIs (key performance indicators) são medidas de desempenho, quantificáveis, que ajudam as empresas a definir, avaliar e melhorar sua performance em áreas consideradas importantes para a organização.

Como são medidas globais, que envolvem toda a empresa, devem refletir os direcionamentos estratégicos das mesmas. Chega-se num bom indicador ao responder à pergunta: “O que é realmente importante para a empresa?”. Sendo assim, cada empresa terá indicadores levemente diferentes, baseados na sua abordagem frente ao mercado. Por exemplo, um administrador de uma empresa de produtos de consumo em massa terá indicadores completamente diferentes do gestor de uma escola ou de um hospital. Por isso é difícil dar exemplo de um indicador que você poderá usar, mas ainda assim, discutirei mais sobre alguns indicadores específicos no final deste artigo.

Os indicadores de desempenho se aproximam de um benchmarking interno, pois visam melhorar continuamente alguns processos para obter vantagem competitiva. Como destacado acima, os indicadores devem refletir elementos globais, focados nos fatores críticos do sucesso. Com a abordagem de cadeias de suprimentos, os antigos sistemas de medição de desempenho ficaram rapidamente desatualizados, e mais do que nunca, os indicadores precisam refletir processos importantes, e não apenas números, melhorando a performance, incentivando e motivando os funcionários, e mais importante, através de toda a cadeia de valor, e não apenas num processo específico.