marketing

O que é valor para um cliente?

O que é valor para um cliente?

Você pagaria por um cartão de embarque? As taxas das companhias aéreas continuam a ser uma fonte inesgotável de fascínio e estudos. A última novidade…
Marketing, logística e publicidade

Marketing, logística e publicidade

A logística é uma das áreas que mais apresenta interfaces com o ambiente externo da empresa. Seja na relação com clientes, no atendimento pós-venda, na…

A vantagem de ser pequeno no mercado competitivo

livro tamanho não é documentoImagine as duas situações a seguir: 1) você compra um pacote de biscoitos de uma marca famosa num supermercado de sua cidade; 2) você compra alguns biscoitos na padaria da esquina da sua casa, que você frequenta diariamente. Agora imagine que você quer fazer uma reclamação sobre estes biscoitos. Como é mais fácil, ligar para o SAC da grande marca, ouvir musiquinhas, seguir instruções da máquina até falar com um atendente, ou chegar no balcão da padaria e conversar com o Seu Manoel, o dono da padaria?

Esta é uma das vantagens de ser pequeno: estar próximo do cliente, ter fácil acesso à ele (e dar fácil acesso ao retorno dele!). O marketing de relacionamento das pequenas empresas tende a ser bem sucedido mais facilmente do que das grandes marcas. Não nos relacionamos com marcas, mas com pessoas. Por isso damos tanta importância ao marketing boca-a-boca, que nos indica aquela excelente pizzaria que abriu no bairro, ao invés da franquia da grande rede de pizzas.

Para aqueles ligados em marketing

Walmart e VISA – o retorno da promoção

Quem acompanhou o site ontem viu que a promoção da VISA e do Walmart npromoção visa walmart guitar heroão foi exatamente como planejado.

Como forma de “compensar” os consumidores, as empresas negociaram a venda de mais 100 unidades do tão badalado jogoGuitar Hero 5 + Guitarra para Playstation 3 pelo preço da promoção de ontem (R$ 189 contra R$ 389 normalmente).

A partir das 17h de hoje, 31 de março, os compradores poderão conferir no site da empresa e correr para colocar o jogo no seu carrinho.

A medida está sendo divulgada no site da promoção (veja imagem ao lado) é uma tentativa de remediar a péssima repercussão que causou o movimento no twitter de ontem, com a tag #FudidosPeloDescontoVisa. Nesta promoção, a VISA pedia que a mensagem #JuntosPeloDescontoVisa fosse repetida 5.000 vezes para ativar a venda promocional, mas os estoques acabaram muito rapidamente, deixando milhares de consumidores insatisfeitos: o produto sem o desconto continuava disponível para quem quisesse comprá-lo.

Fracasso da logística online da Visa + Walmart

Vejam o que o planejamento (ou falta dele) fez com duas grandes empresas no Brasil nesta terça-feira (30 de março):

A Visa fez uma promoção com o Walmart, utilizando redes sociais e incentivando o público a participar. Muito interessante e muito inteligente. A idéia era fazer usuários do twitter escreverem usando a palavra-chave “#JuntosPeloDescontoVisa”.

Quando essa palavra fosse “tuitada” 5.000 vezes, um jogo de vídeo-game entraria em promoção no Walmart para compra através do cartão de crédito, com um preço arrasador (de R$ 389 por R$ 189). Aficcionados por Play Station 3, amantes do jogo, e tuiteiros em geral aderiram, e rapidamente a visa ganhou popularidade, atingindo as cinco mil repetições.

O jogo realmente ganhou o desconto prometido. Mas o estoque acabou muito rápido, e deixou muita gente na mão. Pior: para comprar sem o desconto o jogo estava lá, disponível, com estoque.

E o que era para ser uma promoção virou um tiro no pé: tuiteiros enfurecidos mudaram a tag #JuntosPeloDescontoVisa para

Custos logísticos: discussão sob uma ótica diferenciada

artigo de autoria de Ana Cristina Faria

A logística, atualmente, é considerada relevante, em muitos segmentos de negócio, por seus custos, pelas oportunidades de otimização dos mesmos e pelos impactos na apuração de valor econômico, que podem resultar em aperfeiçoamento do processo logístico. Este artigo tratou a respeito dos custos logísticos, seus elementos na gestão da logística empresarial, associados aos fatores físicos determinantes de custos, aos macroprocessos existentes (abastecimento, planta e distribuição) e das cadeias logísticas que os compõem. O princípio objetivo foi o de ordenar, de forma diferenciada, a discussão sobre o tema central que vem sendo comentado na literatura de Logística e evidenciar as informações de custos que deveriam ser geradas pela Controladoria no suporte à gestão da Logística Empresarial.

O propósito da estruturação realizada, para ordenar a discussão sobre os elementos de custos logísticos, foi buscar a abrangência na visão desses custos, e não aprofundar / detalhar a discussão sobre cada um deles.

Logística Descomplicada

Aqui você encontrará informações sobre tudo o que envolve a área logística: transportes, estoques, previsão, qualidade, redes de empresas, dentre muitos outros temas. Faça uma…

A Logística e o Valor Percebido – como melhorar esta relação

Matéria publicada na edição 07 de novembro de 2008 da Revista MundoLogística:

Aumentando a percepção de valor dos seus produtos junto a seus clientes – Como a logística pode contribuir neste desafio?

Autores: Leandro Callegari Coelho, Neimar Follmann, Carlos Taboada.

A percepção de um mercado cada vez mais exigente é fruto de uma acirrada concorrência. As escolhas dos clientes estão pautadas sobre a necessidade de obter o maior benefício sobre o investimento realizado: obter um produto de qualidade no seu mais amplo significado, por um preço atrativo. A esta relação dá-se o nome de valor. É esta percepção que diferencia fortemente as empresas na atualidade. Num momento em que as tecnologias estão acessíveis à maioria, o marketing possui semelhante poder de persuasão, as equipes de vendas estão muito preparadas, outros componentes são necessários para que a empresa se destaque – e um destes componentes é a logística. Por muito tempo viu-se este setor como um centro de custos, mas, nos últimos anos esta situação foi alterada. É possível, através desta área, ajudar a empresa a entregar maior valor aos clientes. Como fazer e o que deve ser considerado são as respostas que este artigo fornecerá.

Marketing e logística – como agregar valor com esta integração

artigo publicado no Congresso Internacional de Administração, 2008, Ponta Grossa/PR

Agregando valor ao cliente através da integração entre Marketing e logística

Autores: Neimar Follmann, Leandro Callegari Coelho, Carlos Taboada

A busca pela produtividade levou as empresas à especialização das tarefas, o que no decorrer dos anos deu  origem  a  departamentalização.  Esta  promove  em  muitos  casos  o  aumento  do  seu  próprio desempenho, esquecendo-se, no entanto, que é necessário melhorar o conjunto de  toda a empresa. A condição para que seja possível alcançar um desempenho superior é que o produto seja bem aceito no mercado e, portanto, é preciso que os consumidores percebam uma clara vantagem na sua compra. A esta condição dá-se o nome de valor, que pode ainda ser definido como a relação entre os benefícios recebidos e os custos totais incorridos. Tomando-se a necessidade que a empresa tem de gerar lucro e prosperar,  juntamente  com  o  fato  de  que  isto  somente  irá  ocorrer  se  ela  oferecer continuamente produtos/serviços com alta percepção de valor, chega-se a  importância que o marketing e a  logística têm em desempenhar este papel. O primeiro é fundamental na definição de estratégias que  tornem o produto desejado e consumido. Para que o segundo ocorra, a logística deve disponibilizar este produto no local e no momento em que o cliente mais o desejar. Assim, as duas áreas devem agir em conjunto, pois possuem forte influência sobre como o produto é percebido no mercado. Para isto propõe-se que a logística deva assumir um papel mais efetivo, de forma a colaborar com a área de marketing e, através da  gestão  de  estoques,  flexibilização  da  cadeia  de  suprimentos  e  benchmarking,  possibilitar  a conquista de clientes e maiores lucros.

Pages
  • 1
  • 2