natureza

Embalagem sustentável

Embalagem sustentável

Uma área normalmente negligenciada nos estudos de gestão de operações, mas com grande interação com ela é a área de embalagem. Algumas matérias recentes mostram…

Logística humanitária – inovação na reação aos desastres naturais

cruz vermelha - ajuda humanitáriaNo Rio de Janeiro, já faltam até sacos para recolher cadáveres, mas a logística humanitária tem se desenvolvido muito pelo mundo, empregando modelos utilizados pelas empresas privadas de logística.

O conhecimento utilizado após grandes catástrofes como o tsunami asiático, o furacão Katrina e o terremoto no Haiti produziu lições que estão sendo estudadas em todo o mundo.

No Brasil só 1 de cada 5 cidades tem Defesa Civil, mas cursos superiores e multidisciplinares sobre defesa civil se tornam populares em universidades americanas e asiáticas.

Arquitetos e urbanistas estudam materiais resistentes à água e ao fogo, e fazem projetos de reconstrução que evitem futuros desastres. Várias dessas lições podem servir de exemplo ao Brasil:

Logística também se aprende com a natureza

Por Paulo Sérgio Gonçalves *

formigueiro e formigasO homem com todo o seu potencial criativo desenvolveu máquinas maravilhosas. Voam, computam, fazem diagnósticos, controlam a produção, centralizam o processo decisório, flexibilizam as operações complexas, etc. Grande parte desse arsenal tecnológico foi desenvolvido a partir das pesquisas realizadas na natureza, muito especialmente, no reino animal.

A frustração do homem em não poder voar – mitologicamente reproduzida na fábula de Ícaro – tornou-se uma realidade adaptada da capacidade e flexibilidade que os pássaros possuem em vôos de longas distâncias e mesmo em grandes altitudes como é o caso do da águia. Sua visão é tão apurada que consegue ver um peixe a várias centenas de metros de altitude e mesmo perceber a presença de um coelho a uma distância de 1,6 km. Os exemplos são inúmeros: estudo do comportamento dos tubarões para descobrir o processo de altíssima tecnologia que possui em detectar a longa distância a presença de um peixe se debatendo. Sua incrível aerodinâmica permitiu projetar novas aeronaves de alta performance.

Na logística não é diferente!

Vulcão, caos aéreo na Europa e a logística

O vulcão da Islândia que continua lançando cinzas na atmosfera continua causando caos aéreo na Europa.

vulcão ativo Islândia - caos aéreo EuropaO vulcão Fimmvorduhals da geleira Eyjafjallajoekull, localizado na Islândia voltou a tornar-se ativo na última quinta-feira (15 de abril) e desde então lança cinzas na atmosfera, que foram carregadas pelo vento e chegaram à Europa.

Pelo risco de problemas nos aviões, o espaço aéreo em boa parte da Europa foi fechado (veja quadro abaixo). Não há previsão de retorno à normalidade, e a situação depende da natureza: o vulcão precisa parar de lançar cinzas e os ventos precisam colaborar para a dispersão das mesmas.

O maior caos aéreo da história mundial já cancelou mais de 17.000 vôos em três dias, atingiu mais de 30 milhões de passageiros e causou um prejuízo de mais de R$ 2 bilhões somente para as companhias aéreas britânicas.

Neste sábado havia aeroportos fechados em 27 países Europeus, que causavam efeitos em cascata pelo mundo, com cancelamentos de decolagens nos outros continentes e impediam os passageiros de movimentar-se pelos ares europeus. A expectativa é que a nuvem de cinzas vulcânicas atinja outros países nos próximos dias, e cientistas acreditam que um vulcão vizinho possa entrar em erupção, piorando a situação. Na última vez que este vulcão esteve ativo ele lançou cinzas na atmosfera por 2 anos (há 200 anos).

Os fabricantes de eletrônicos mais verdes

Pesquisa realizada pelo Greenpeace faz um ranking dos 18 principais fabricantes de computadores, telefones celulares, TVs e vídeo games, mostrando quem tem práticas ecologicamente corretas, e aqueles que ainda tem muito a melhorar.

A pesquisa completa pode ser encontrada neste link, e abaixo apresento um resumo das políticas das 18 empresas com relação aos produtos químicos tóxicos, reciclagem e mudanças climáticas. O ranking está em sua 14ª versão, atualizada agora em janeiro de 2010, e apresento os links de todas as empresas citadas. Vale lembrar que toda a pesquisa está em inglês.