profissão

O que faz o profissional na área de compras e suprimentos?

compras e suprimentos logísticaNa busca por ilustrar da melhor maneira possível as diferentes possibilidades profissionais para a área de logística, temos visto uma série de matérias sobre carreira e profissão. Dentre elas, entrevistamos profissionais da área para entender melhor a área, as responsabilidades e quais as sugestões que eles fazem para aqueles que desejem entrar nesse mercado.

Hoje entrevistaremos Israel Grüdtner, Engenheiro de Produção da Petrobras, atuando na área de Suprimentos. Ele tem experiência como analista de logística de uma grande rede de supermercados e já atuou como consultor e professor na área de sistemas de armazenagem e estoques. Israel é graduado em Engenharia de Produção Elétrica e possui mestrado em Engenharia de Produção na área de logística e transportes, ambos pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente cursa especialização em Administração de Empresas pelo ISAE/FGV.

Na entrevista ele destaca que o profissional de logística deve ter a visão sistêmica, analisando custos e processos. Ele destaca ainda que o profissional deve ter o CHA (se você não sabe o que é o CHA, leia a entrevista na íntegra abaixo e confira também a matéria O que você precisa saber para conseguir um estágio ou emprego onde este assunto é recorrente).

Tecnologia da Informação (TI) e logística – como funciona essa integração?

Tecnologia da informação aliada à logísticaUma das áreas que mais cresce dentro da logística é a Tecnologia de Informação (TI). Apesar do crescimento e da importância que a área tem para o bom funcinoamento dos sistemas logísticos integrados (como por exemplo os sistemas ERP), muitas pessoas ainda não conhecem como essa integração funciona, e qual o papel do profissional de TI dentro da logística.

Assim, no escopo da série de matérias sobre carreira e profissão, apresentamos hoje entrevista com um profissional do setor. Sandro Tavares é bacharel em ciências da computação e tem mestrado em engenharia de produção com foco em logística. Atua na área de TI e já ajudou grandes empresas a implantarem um sistema ERP, como na Portobello SA onde aplicou os conceitos de logística integrada a partir da área de TI. Por alguns anos Sandro Tavares foi consultor de projetos em logística na Bunge Alimentos, desenvolvendo projetos ligados à integração da cadeia logística da Bunge Alimentos com a da Bunge Fertilizantes, posteriormente atuando como coordenador de projetos na área de TI da empresa. Atualmente atua como gerente corporativo de TI na Tigre SA. Sandro também tem experiência como professor da área.

A entrevista é rica em informação e dicas de carreira, como a necessidade de se falar outros idiomas, a participação em redes sociais e networking.

Para aqueles que buscam informações sobre como a logística e a TI interagem, Sandro resume: “não existe logística sem TI”. Confira a entrevista na íntegra:

O que você precisa saber para conseguir um estágio ou emprego

procurando um estágio - como conseguirCom a proliferação dos cursos técnicos, tecnólogos e até mesmo alguns bacharelados específicos em logística, temos muitos estudantes nesta área. Claro que muitos deles (idealmente todos) irão ingressar no mercado de trabalho ainda durante seu curso, através de estágios. Nos próximos parágrafos você terá dicas e informações para conseguir seu primeiro estágio – ou melhorar o seu estágio atual.

O currículo

Seu currículo é a primeira e principal porta de entrada numa empresa. É através dele que as empresas decidirão se você será convidado a participar de uma entrevista ou não. Portanto, capriche no seu CV. No cabeçalho inclua seus dados pessoais e forma de contato (não se esqueça de incluir telefones e email).

Nos parágrafos seguintes

Rede de contatos ativa é networking eficaz

Networking - rede de contatosVocê já parou para pensar no peso que tem uma indicação de alguém que você confia? Seja na compra de um produto, sugestão de restaurante ou indicação de um médico, confiamos muito nas indicações que recebemos de nossos amigos.

O mesmo raciocínio é válido para uma indicação profissional. Imagine o peso que tem a indicação de um funcionário ao RH ou direção da empresa, sugerindo um nome para uma vaga recém aberta pela organização.

Por isso é importante manter sua rede de contatos sempre ativa, sabendo daquele novo curso que você fez, o diploma que recebeu ou (infelizmente) sua nova condição de desempregado. Uma rede de contatos ativa, a qual damos o nome de networking, é peça chave para o sucesso profissional.

Pesquisas mostram que de 50% a 70% das pessoas acharam seu último emprego através de networking

Dicas de carreira para o futuro – onde você estará em 2011?

Visão de futuro - carreira e profissão em logísticaA fluência em um segundo idioma tornou-se essencial para que os profissionais consigam boas oportunidades ou mantenham-se no mercado de trabalho. Para quem trabalha com logística não é diferente, especialmente se você precisa lidar com fornecedores/clientes de outros países e principalmente para aqueles envolvidos em processos de comércio exterior.

A língua mais procurada, tanto pelos alunos em escolas de idiomas quanto pelas empresas continua sendo o inglês. De acordo com um levantamento da empresa de pesquisas HR, realizada com 130 organizações, 70% delas requerem profissionais para o cargo de analista com fluência no inglês. Erros básicos num email, numa conferência ou numa apresentação comercial podem inviabilizar o negócio.

Outro ponto importante é com relação ao currículo. Buscando conseguir uma posição melhor num processo de seleção, muitos candidatos exageram em suas qualidades, dentre elas a língua estrangeira. Isso é facilmente detectado com uma pergunta simples na entrevista de emprego ou quando o profissional precisa escrever um breve relatório, pois desconhece termos específicos da área ou se confunde com os falsos cognatos.

Série de matérias sobre carreira e profissão em logística

carreira e profissão em logísticaCom o intuito de desmistificar a carreira do profissional de logística e ajudar os estudantes  e jovens profissionais e escolherem com mais convicção as suas alternativas para o futuro, iniciamos hoje uma série de matérias sobre carreira e profissão na área de logística.

Com diversas reportagens sobre este assunto, você encontrará aqui no Logística Descomplicada matérias que tratam de estágios, emprego, entrevistas para empregos, descrição de diferentes cargos na área de logística incluindo entrevistas com profissionais que atuam nestas áreas, opiniões de professores e outras dicas.

Você encontrará também algo que muito ajudará estudantes e profissionais: modelos de currículo e de trabalho de conclusão de curso (TCC) grátis, disponíveis para download.

Principais erros a serem evitados no estágio

estagiário erros a evitarConseguir um estágio é uma conquista e tanto para qualquer profissional em início de carreira. Contudo, passada a euforia, o estagiário precisa se assegurar de que não cometerá impropriedades no ambiente de trabalho que possam prejudicar seu desenvolvimento profissional e comprometer uma possível efetivação.

Para evitar tropeços graves, o estudante deve ter em mente que não é só porque é estagiário que tem o direito de cometer um erro atrás do outro e se comportar como se não precisasse ter responsabilidades. “Ao contrário, o estagiário já deve se comportar e se comprometer como um profissional”, reforça a gerente de treinamento do Nube, Carmen Alonso.

“Um estágio abre muitas portas, especialmente quando você mostra que tem opinião, conhecimento e vontade de crescer na profissão”, ressalta o consultor da Cia. de Talentos Vitor Pascoal.

Evite erros

Equívocos nos processos de trabalho são aceitáveis, já que o estágio tem como proposta justamente ensinar o estudante a prática da profissão que ele escolheu e estuda. Contudo, existem erros de conduta que, se cometidos, maculam a imagem do futuro profissional.

Pages