social

Competência social – uma questão de atitude

competência social - uma questão de atitudePossuir habilidades interpessoais é fundamental para qualquer profissional que deseje ser bem sucedido, e isto é cada vez mais exigido no mundo empresarial. Como forma de promover a melhora na qualidade dos profissionais de gestão e logística, algumas recomendações de leitura deste espaço já abordaram questões como liderança, a arte para falar em público e ética profissional. Se você ainda não viu, clique nos links e conheça, porque vale a pena!

Vergonha por não saber como agir em determinadas situações socioprofissionais e falta de traquejo social não são mais perdoados no mundo globalizado. A construção da imagem das empresas depende cada vez mais da postura e atuação das pessoas que nela trabalham, tanto no dia a dia das operações como em situações que surgem em função de viagens e relacionamentos de negócios.

Quem nunca se perdeu quando foi apresentado a alguém e não sabia se abraçava, dava um beijinho ou um cordial aperto de mão? Como chamar seu interlocutor: senhor, prezado, você? Como portar-se em almoços de negócios? Até mesmo entrevistas de seleção exigem cada vez mais habilidades sociais.

Com tiradas engraçadas e sugestões inteligentes, o livro Competência Social: Mais que Etiqueta, uma Questão de Atitude não tem a pretensão de ser uma bula com regras rígidas sobre o assunto, mas um guia para ajudar o leitor a se sair bem em situações complicadas. Casos como o de uma pessoa que derrubou um copo de vinho na mesa durante um jantar elegante são analisados com bom humor, mostrando como se sair bem em situações similares.

Tendências da logística e supply chain para 2010

sucessoartigo de autoria de Leandro Callegari Coelho, publicado no portal INBRASC.

Mais um ano chegou ao fim, e depois de olhar para trás e avaliar tudo o que passou, é hora de olhar para o futuro, traçar novas estratégias, e ver o que o mercado nos traz. Ao longo deste ano, compartilhei algumas ideias e sugestões de melhorias através de matérias como esta, aqui no INBRASC. Abordamos, desde janeiro, questões como flexibilidade logística, previsão de demanda, controle de estoques, agregação de valor, como melhorar o lucro, questões ambientais e indicadores de desempenho.

Agora, olhando para frente, tentarei identificar quais serão as tendências do setor logístico e de supply chain para os próximos anos.

Essa análise será feita usando três pilares: (1) consciência; (2) os investimentos que já foram feitos, e; (3) o desafio de se morar em grandes cidades.

O primeiro pilar diz respeito à consciência ecológica e social, a preocupação com o futuro do local onde vivemos: seja nossa rua, a comunidade ou o planeta. Os inúmeros debates mundiais que acontecem nesse tema são prova de que o assunto veio para ficar, e em breve todos os setores estarão engajados: seja por consciência própria, seja por pressão da comunidade e dos consumidores. Assim, a logística precisa se preocupar em conseguir melhores processos com a logística reversa, maior efetividade dos sistemas de roteamento a fim de diminuir os custos de transportes, e maior preparo dos sistemas produtivos para evitar desperdícios.

A história das coisas

Este vídeo merece ser visto com muita atenção. Apresenta diversos exemplos de fluxos logísticos: fluxos de materiais, fluxos financeiros, de informação… apresenta de maneira muito simples o que temos feito com o meio ambiente e com a sociedade de forma geral.

Mas o vídeo também possui um viés muito forte, e é preciso prestar atenção para não se deixar levar por argumentos fracos e frágeis, sem embasamento.

Sou muito cético quanto à algumas conclusões do filme, mas gosto muito de diversas explicações, e espero que vocês, amantes da logística, também possam aproveitar algumas partes.

Chama-se “A história das coisas”, e mostra como da extração e produção até a venda, consumo e descarte, todos os produtos em nossa vida afetam comunidades em diversos países, a maior parte delas longe de nossos olhos.

Lembrando que o filme é longo (20 min) e que por isso ele está divido em 3 partes. Confira abaixo:

Para ver as outras 2 partes do vídeo, clique abaixo e veja a matéria completa. Lembre-se de deixar sua opinião para os demais leitores do site.