tecnologia

Tecnologia para redução de filas

Tecnologia para redução de filas

As longas filas no caixa na saída do supermercado podem arruinar sua tarde de compras, assim como uma sobremesa ruim pode estragar um ótimo jantar.…

Pós-graduação em logística: gestão, tecnologias e processos (SC)

HABILITAÇÃO

Especialista em LOGÍSTICA: Gestão, Tecnologias e Processos

OBJETIVO GERAL

Instrumentalizar o aluno com as ferramentas essenciais para solução de problemas e tomada de decisão na administração de negócios nas áreas específicas da logística, obtendo eficiência e eficácia dos processos logísticos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Compreender a dimensão da gestão dos processos logísticos nas questões relacionadas ao transporte, à integração cadeia logística, movimentação e armazenagem, aos custos e recursos logísticos;

Reconhecer as tecnologias aplicadas os processos logísticos nas questões relacionadas ao transporte, à integração cadeia logística, movimentação e armazenagem, aos custos e recursos logísticos;

Possibilitar a modelagem de soluções para implementar a eficácia e eficiência de processos logísticos.

Mestrado em Energia gratuito e com bolsa – Espírito Santo

Estão abertas as inscrições para o curso de Mestrado em Enegia, oferecido pela Universidade Federal do Espírito Santo, campus de São Mateus. O programa é multidisciplinar, com focos (e professores) de diversos departamentos das engenharias e computação é gratuito e oferecerá bolsa de pesquisa para os melhores candidatos. O valor da bolsa é de R$ 1.200 (link para o site do CNPq) para os pesquisadores com dedicação exclusiva selecionados pela comissão.

O Programa de Pós-Graduação em Energia (PPGE), nível Mestrado Acadêmico, foi planejado para atuar de forma multidisciplinar em uma única área de concentração, Engenharia, Tecnologia e Gestão; abrangendo duas linhas de pesquisa: 1) Eficiência energética e 2) Petróleo, gás e energias renováveis, os quais formam um continuum de temas de investigações técnico-científicos integrados com o objetivo principal do programa.

A linha de eficiência energética vem atender uma demanda muito grande, não apenas para a mão-de-obra especializada requisitada pelos trabalhos com petróleo, mas também forma profissionais com conhecimentos sólidos e específicos em Otimização e logística de Sistemas de Energia e ainda Modelagem e Simulação de Processos Energéticos.

Logística também se aprende com a natureza

Por Paulo Sérgio Gonçalves *

formigueiro e formigasO homem com todo o seu potencial criativo desenvolveu máquinas maravilhosas. Voam, computam, fazem diagnósticos, controlam a produção, centralizam o processo decisório, flexibilizam as operações complexas, etc. Grande parte desse arsenal tecnológico foi desenvolvido a partir das pesquisas realizadas na natureza, muito especialmente, no reino animal.

A frustração do homem em não poder voar – mitologicamente reproduzida na fábula de Ícaro – tornou-se uma realidade adaptada da capacidade e flexibilidade que os pássaros possuem em vôos de longas distâncias e mesmo em grandes altitudes como é o caso do da águia. Sua visão é tão apurada que consegue ver um peixe a várias centenas de metros de altitude e mesmo perceber a presença de um coelho a uma distância de 1,6 km. Os exemplos são inúmeros: estudo do comportamento dos tubarões para descobrir o processo de altíssima tecnologia que possui em detectar a longa distância a presença de um peixe se debatendo. Sua incrível aerodinâmica permitiu projetar novas aeronaves de alta performance.

Na logística não é diferente!

Tecnologia da Informação (TI) e logística – como funciona essa integração?

Tecnologia da informação aliada à logísticaUma das áreas que mais cresce dentro da logística é a Tecnologia de Informação (TI). Apesar do crescimento e da importância que a área tem para o bom funcinoamento dos sistemas logísticos integrados (como por exemplo os sistemas ERP), muitas pessoas ainda não conhecem como essa integração funciona, e qual o papel do profissional de TI dentro da logística.

Assim, no escopo da série de matérias sobre carreira e profissão, apresentamos hoje entrevista com um profissional do setor. Sandro Tavares é bacharel em ciências da computação e tem mestrado em engenharia de produção com foco em logística. Atua na área de TI e já ajudou grandes empresas a implantarem um sistema ERP, como na Portobello SA onde aplicou os conceitos de logística integrada a partir da área de TI. Por alguns anos Sandro Tavares foi consultor de projetos em logística na Bunge Alimentos, desenvolvendo projetos ligados à integração da cadeia logística da Bunge Alimentos com a da Bunge Fertilizantes, posteriormente atuando como coordenador de projetos na área de TI da empresa. Atualmente atua como gerente corporativo de TI na Tigre SA. Sandro também tem experiência como professor da área.

A entrevista é rica em informação e dicas de carreira, como a necessidade de se falar outros idiomas, a participação em redes sociais e networking.

Para aqueles que buscam informações sobre como a logística e a TI interagem, Sandro resume: “não existe logística sem TI”. Confira a entrevista na íntegra:

Pages
  • 1
  • 2