Tipos de caminhões (tamanhos e capacidades)

tamanhos e tipos de caminhõesNesta matéria vamos apresentar os diferentes tipos de caminhões, suas especificações e capacidades, começando pelos pequenos veículos urbanos de carga, utilizado dentro de centros urbanos, até os grandes caminhões articulados que encontramos em rodovias, utilizados para transporte de grandes quantidades de carga por longas distâncias.

O CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) limita o peso máximo por eixo que pode ser carregado pelos veículos. Este limite deve-se ao fato que quanto maior a força que os pneus aplicam sobre a camada de asfalto, maior será a degradação deste asfalto. Assim, os caminhões podem levar muito peso, desde que ele esteja distribuído por vários eixos (maior número de rodas para distribuir o peso da carga).

Confira os tipos de caminhões e algumas especificações:

VUC - veículo urbano de cargaVeículo Urbano de Carga (VUC): O VUC é o caminhão de menor porte, mais apropriado para áreas urbanas. Esta característica de veículo deve respeitar as seguintes características: largura máxima de 2,2 metros; comprimento máximo de 6,3 metros e limite de emissão de poluentes.  A capacidade do VUC é de 3 toneladas.

caminhão tocoToco ou caminhão semi-pesado: caminhão que tem eixo simples na carroceria, ou seja,  um eixo frontal e outro traseiro de rodagem simples. Sua capacidade é de até 6 toneladas, tem peso bruto máximo de 16 toneladas e comprimento máximo de 14 metros.

caminhão truckTruck ou caminhão pesado: caminhão que tem o eixo duplo na carroceria, ou seja, dois eixos juntos. O objetivo é poder carregar carga maior e proporcionar melhor desempenho ao veículo. Um dos eixos traseiros deve necessariamente receber a força do motor. Sua capacidade é de 10 a 14 toneladas, possui peso bruto máximo de 23 toneladas e seu comprimento é também de 14 metros, como no caminhão toco.

Carretas: são uma categoria em que uma parte possui a força motriz (motor), rodas de tração e a cabine do motorista e a outra parte recebe a carga. A parte motriz recebe o nome de cavalo mecânico, e este pode ser acoplado a diferentes tipos de módulos de carga, chamados de semi-reboque. Veja abaixo alguns modelos:

caminhão cavalo mecânicoCavalo Mecânico ou caminhão extra-pesado: é o conjunto formado pela cabine, motor e rodas de tração do caminhão com eixo simples (apenas 2 rodas de tração). Pode-ser engatado em vários tipos de carretas e semi-reboques, para o transporte.

caminhão cavalo mecânico trucadoCavalo Mecânico Trucado ou LS: tem o mesmo conceito do cavalo mecânico, mas com o diferencial de ter eixo duplo em seu conjunto, para poder carregar mais peso. Assim o peso da carga do semi-reboque distribui-se por mais rodas, e a pressão exercida por cada uma no chão é menor.

caminhão carreta 2 eixosCarreta 2 eixos: utiliza um cavalo mecânico e um semi-reboque com 2 eixos cada. Possui peso bruto máximo de 33 toneladas e comprimento máximo de 18,15 metros.

caminhão carreta 3 eixosCarreta 3 eixos: utiliza um cavalo mecânico simples (2 eixos) e um semi-reboque com 3 eixos. Possui peso bruto máximo de 41,5 toneladas e comprimento máximo de 18,15 metros.

caminhão carreta cavalo trucadoCarreta cavalo trucado: utiliza um cavalo mecânico trucado e um semi-reboque também com 3 eixos. Possui peso bruto máximo de 45 toneladas e comprimento máximo também de 18,15 metros.

caminhão bitremBitrem ou treminhão: é uma combinação de veículos de carga composta por um total de sete eixos, que permite o transporte de um peso bruto total de 57 toneladas. Os semi-reboques dessa combinação podem ser tracionados por um cavalo-mecânico trucado.

Rodotrem: é uma combinação de veículos de carga (dois semi-reboques) composta por um total de 9 eixos que permite o transporte de um peso bruto total de 74 toneladas. Os dois semi-reboques dessa combinação são interligados por um veículo intermediário denominado Dolly. Essa combinação só pode ser tracionada por um cavalo-mecânico trucado e necessita de um trajeto definido para obter Autorização Especial de Trânsito (AET).

O bitrem é um conjunto que possui duas articulações (quinta-roda do caminhão e a quinta-roda do semi-reboque dianteiro) e o rodotrem é um conjunto que possui três articulações (quinta-roda do caminhão, engate dianteiro do dolly e quinta-roda do dolly).

Aproveitem e vejam essa coletânea de imagens abaixo:

[nggallery id=10]

As fotos de número 5, 8, 11 e 12 têm os direitos autorais reservados ao site Logística na Veia e estão publicadas com autorização daquele site.

Gostou dessa matéria? Doe qualquer valor e ajude a manter o Logística Descomplicada gratuito:

Leandro C. Coelho, Ph.D., é Professor de Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos na Université Laval, Québec, Canadá.

There are 117 comments for this article
  1. tatiane at 11:44

    Conteúdo de fácil entendimento até um leigo no assunto, como eu, consegue compreender. Obrigada e parabéns.

  2. ROGÉRIO FERREIRA at 18:55

    Boa noite a todos, preciso transportar vergalhões de 1,2T e com 18m de comprimento. me indicaram Carreta Extensivel
    18m 2 Eixos, mas é muito mais difícil encontrar este tipo de carreta. Alguém tem alguma sugestão.

  3. junio at 17:14

    preciso transportar 3 peças de aproximadamente 4 metros de diametro e uns 3 ou 4 m de altura cada totalizanso uns 12 metros gostaria de saber qual o tipo de carreta ideal

  4. William Oliveira at 12:11

    Possuo uma Pickup Rely carroceria aberta com capacidade para 1 Tonelada, caso necessite de algum frete estou a disposição. ID 99*125108, Nextel:19 7824 6750. Estou situado em Indaiatuba, porém atendo em todo o Brasil.

  5. Ronaldo at 17:02

    Olá boa tarde,

    Estou fazendo um trabalho acadêmico de análise comparativa de modais (FerroxRodo), preciso da seguinte ajuda… Qual o preço de mercado para um caminhão/carreta do ano(2013/zeroKM) com capacidade de carga de 25 toneladas (média nacional)? ou se possível uma simples referência de onde eu possa encontrar este tipo de informação…

    Obrigado!

  6. Thiago de Oliveira at 0:55

    Olá amigos!
    Sou aluno de logística no RJ e gosaria de uma ajuda se for possivel, desde ja sou grato pela atenção, obrigado.
    Gostaria de saber as medidas do caminhão VUC, Toco e Truck para fazer a metragem cubica dos mesmos.
    Obrigado!!!!!

  7. plinio at 11:10

    tenho um 1016 mercedinho , queria saber peso total com carga ,no site da mercedes diz assim

    11000/13000.. pbtc!!!!! toco e terceiro eixo nao consegui ter certeza . obrigado

  8. lisandro at 8:39

    Qual o tipo de carroceria seria a ideal, para transporte de componentes aeronáuticos, sensíveis a temperatura elevadas, cito ás pás do rotor principal de uma aeronave do tipo eurocopter EC725.

  9. edu at 20:29

    você tem estes caminhões em dwg (autocad )
    ?

  10. Jussara at 10:27

    Me ajudou muito…Obrigada !

  11. Raquel at 21:21

    Olá ! sou estudante do curso Técnico em Logística no SENAC e preciso de uma ajudinha! Qual o tipo de caminhão é o mais utilizado e adequado para o transporte de velas feita de parafina, pode ser usado qualquer caminhão?
    Caso alguém possa me ajudar , desde já agradeço.

  12. renato at 11:31

    bom dia ,leandro.

    para o vuc rodar em sp tem que ser rodagem simple sou dupla

  13. marcelo at 12:54

    mau amigo, tire uma duvida, meu cavalo é um scania 142hw trucado bicudo…engatei em um sider e creio eu que ultrapassou o limite de comprimento que é de 19,80 mt segundo um policia rodoviario me falou…o que devo fazer? estao me falando que tem jeito de consiguir uma autorizaçao para esse meu problema…o que faço?

  14. Anonimo at 16:10

    O artigo é muito bom, mas as imagens estão com problemas.

  15. claudio at 19:05

    boa noite, eu tenho um cavalo (caminhão) se eu colocar um baú pequeno nele ele pode ser vuc ?
    eque apareceu uma oportunidade de emprego mas entretanto só para vuc.

  16. ANDREA PIVISAN at 11:25

    O MODELO KIA K2500 É CONSIDERADO UM VUC OU UM VEÍCULO UTILITÁRIO?

  17. Carlos Roberto de Medeiros at 17:05

    boa tarde!
    se caminhao 3º eixo pode medir 2,60 largura, 4,40 altura,14 no comprimento
     tenho um L1620 boiadeiro e guarda quer aet, ou que costa no docomento o
    alongamento!

  18. Marcoaurelionucci at 16:54

    tenho um guncho no cavalo e queria saber com qquanto passa na balança?

  19. Bruno Oliveira at 12:05

    um caminhão toco não poder ter o mesmo tamanho de truck…
    num tem estabilidade nas pista balança muito temos que diminuir e esse tamanho.

  20. Odinei at 10:00

    bom , otimo material, otima informação..!!

  21. Sidnei motorista at 18:00

    É totalmente errado um caminhão toco medir de para choque a para choque 14 metros,fica muito inseguro balança demais o caminhão correndo risco de haver um acidente tombamento de carga em vias locais e em rodovias  uma verdadeira arma ainda mais quando bater um vento lateral, ou o motorista errar na curva, merda para manobra,um verdadeiro salsichão.o caminhão não tem estabilidade.
    peço as autoridades o immetro que revejam esse conceito de toco para min o tamanho máximo seguro seria 10 metros de para choque a para choque.

  22. Robinson at 20:20

    tenho um mb 1318 truk 3eixo ano1989 e gostaria de saber peso bruto total com tolerançia e sem obrigado

  23. Rubens_americos at 12:38

    tenho um caminhao de 280 cv truck e quero engatar uma carretinha de dois eixos de rodagem simples pneu 1000/20r o comprimento não passa de 18 metros. Terei algum problema com legislação?

  24. Daniel Oliveira at 19:10

    Achei muito interessante e ao mesmo tempo o material didático e de excelente qualidade !!!!

  25. Hamilton at 16:08

    Necesitamos uma tabela de carrocerias de caminhão na seguinte forma.
    O desenho a definição o peso suportavel e as medidas internas

  26. Bruno_silva at 22:22

    um canavieiro treminhao é considerado ou é o mesmo q rodotrem ??

  27. EDILSON at 17:32

    Leandro!

    Boa noite!

    Gostei do seu site, e talvez você possa me ajudar, meu hobby e construir replicas em escalas, e estou precisando de medidas de boleias e cavalos mecânicos de caminhões para meu próximo trabalho.

    Você pode me ajudar?

    Já lhe agradecendo.

  28. SILAS at 9:34

    PARABENS PELA SUA EXPLICAÇÃO, COMO CONDUTOR DESTAS MAQUINAS, ME SINTO DESQUALIFICADO PELOS ORGÃOS, QUE DEVERIAM FORMAR OS CONDUTORES PROFISSIONAIS DE ESTRADA, NÃO SIMPLESMENTE, DAR – ISSO , MESMO DAR UMA CARTEIRA DE HABILITAÇÃO, AUTORIZANDO ASSASSINARMOS NO TRANSITO..UMA EXPLICAÇÃO SIMPLES, POREM QUALITATIVA, AQUEM SE PROPÕE A LER, QUERER APRENDER….UM DETRAN QUE FORMA EM 15 AULAS MOTORISTAS DE CARRETAS..ETC..ISSO É QUALIFICAÇÃO NO BRASIL!….EMPRESÁRIOS QUEREM MOTORISTAS QUALIFICADOS PARA CONDUZIREM..HAHAHAHA..ONDE EXISTEM ESCOLAS PARA TAL FORMAÇÃO!…PARA MOTORISTAS HOJE, PELO MENOS CURSINHO DE FISICA..INFORMATICA..ETC, PELA TECNOLOGIA EMBARCADA….VALEU

  29. fábio luis at 8:50

    gostaria de saber, caminhoes modelo ( L S ),no meu caso um mercedes L S 1630 precisa constar no documento o 3º eixo, já que ele é trucado, mais no documento nao consta nada? desde já agradeço. att.FÁBIO

  30. Ivan Freitas at 19:23

    Olá boa noite ! Seria possível vc comentar algo sobre Julietas o que diz a legislação ?

  31. Marcelo Vetturi at 18:44

    Leandro, boa noite!

    Existe alguma legislação sobre a utilização de reboque em um VUC? Se não, você vê algum impedimento na utilização deste reboque fora da área de restrição da cidade de São Paulo.

    Att

    Marcelo K. Vetturi

  32. Alexandre Provencio at 17:43

    A parte que diz que um treminhão é igual a um bitrem está equivocada certo ?

    • Leandro – Log&iacute at 20:32

      Eles não são exatamente iguais, mas ambos tem uma parte mecânica e 2 (semi-)reboques. A diferença principal entre eles é o tipo de engate entre as diferentes partes, então você tem razão quando diz que o texto está equivocado.

  33. joao Antonio at 12:35

    Alguém sabe me informar se existe uma tabela de capacidade máxima de carga, por eixo, e ônibus?

  34. Priscila at 19:38

    Tenho um trabalho pra apresentar no meu curso de Logística Básica, e é sobre Modal Rodoviário, gostaria de poder apresentar esse conteúdo, seria q tem como me mandar por email essa materia??

    Obrigado

  35. osvaldo at 6:31

    bom dia achei bonita as fotos dos teus caminhoes queria saber se posso usar algumas para fazer um sait da minha firma.

  36. Pamela at 16:41

    Olá!

    Alguém sabe me informar se existe alguma legislação específica quanto a limite de peso e tamanho de veículos de carga para o trânsito em vias urbanas?

    Muito obrigada!

  37. Licério Mulle at 21:34

    Possuo Volvo NL12 EDC 360 com reduçao nos cubos, e quero adquirir um bitrem, ele é aceito para este reboque e qual o CMT?

  38. Andrea Rocha at 7:18

    Olá , sou uma leitora frequente ….

    Sou estudante de tecnico em logistica e temos que elaborar um TCC com o tema "" Gerenciamneto de transporte rodoviário de cargas "" , gostaria de saber se vc tem alguns vídeos ou materias para me enviar …. eu e meu grupo ficaremos imensamente agardecidos

  39. marcelo at 14:35

    o estudo da usp sobre a capacidade das pontes brasileiras diz que elas não suportão composições 9 eixos não havera ai uma restrição futura a esses veiculos? como fica os proprietarios desses veiculos vão arcar com o prejuizo de uma legilação imprecisa com regras ao meu ver indefinidas sendo alteradas a todo momento

  40. marcelo at 14:24

    o semi-reboque 3+1 ou carreta 4 eixos é legal esta permitida para cavalos 6×2? elas realmente tem capacidade de carga de 37t?

  41. marcelo at 14:16

    estes bitrens 7eixos adaptados para 9 eixos são permitidos por lei eo 8 eixo tambem é legal eles tem capacidade de carga alta e desnvolvem velocidade que não qualquer carro com motor 1000 consegue acompanhar

  42. Heber Bispo at 16:18

    Gostaria de saber qual a capacidade liquida do caminhao truck com o 4º eixo e comprimento máximo para a carroceria (carga seca), pois, existe carga de 11 metros de até 20t. Fico no aguardo e desde ja agradeço.

  43. João Andrei at 7:46

    Observação: para carretas 3 eixos o PBTC pode ser de 46 Ton em conjuntos com cavalo 4×2 e implemento 3 eixos distânciados (+ de 2,44 m) ou 53 Ton se for cavalo trucado (6×2 ou 6×4).

    Fica sugestão para texto sobre excesso de peso nos eixos, este assunto "aparentemente" não é muito conhecido pelos transportadores.

    Grato

  44. José Urias V. at 12:38

    Boa Tarde. que bom que vc. colocou estas informações. Se possível me informe se os Vuc s Veículos Urbanos de Cargas tem a obrigatoriedade de passar nas balanças das estradas. e qual o artigo da lei que rege esta questão, e que eu fui multado e sempre pensei que não era obrigado a pessagem, e pretendo recorrer da multa.

    Obrigado.

    Se possivel me responder por e mail

  45. André F. de S at 12:55

    Nós que moramos aqui no sul do país fomos esquecidos. A obra de duplicação da BR101 SUL, que vai de Palhoça-sc a Torres-RS já tem 7 ~ 8 anos. O prazo foi que 3 ~4 anos, ou seja, já deveria ter sido concluido a 3 anos. Porém falar de planos com o governo é praticamente impossível, a menos que seja para aumentar impostos, ai sim o assunto tem importância. O Japão é um país com extensão litorânea muito menos que o Brasil, porém eles pescam muito mais, transportam muito mais, pelo simples fato do governo investir em tecnologia. o Brasil precisa parar (ou diminuir) de comprar tecnologia e criar para depois vender, só assim diminuiremos a distância com países desenvolvidos. Eu não me importaria de pagar tantos impostos se estes fossem retornado em benefícios para a população, saúde, educação, emprego, segurança. Entre presidente, sai presidente e a conversa é sempre a mesma.

  46. Rosi at 12:15

    Muito bom, gostei do post!

  47. Danielle Heloisa at 15:06

    Oi boa tarde

    Eu sou estudante de Logistica e gostei muito das informações.

    Estou fazendo um trabalho cientifico sobre Logistica e gostaria da sua ajuda.

    O tema do trabalho é:

    O Mercado de Trabalho para o Gestor em Logística.

    preciso relacionar o tema com algumas materias do curso ( GQT: Gestao da Qualidade Total,TI:Tecnologia da Informação e Gerenciamento e economia dos sistema logistico) Estou pesquisando algumas coisas, mas preciso de mais opnião.

    Você pode me ajudar?

    Desde já obrigada.

    • Logística Des at 17:47

      Danielle,

      Para entender melhor o mercado de trabalho, acredito que a melhor opção é ter as opiniões de quem trabalha nas diferentes áreas da logística. Para isso, recomendo a leitura de algumas matérias da Série sobre carreira e profissão em logística, especialmente as entrevistas que fiz.

      Veja se isto pode te ajudar, e entre em contato novamente caso tenha alguma dúvida ou demanda.

  48. Marcos A. Maia de Ol at 7:49

    Olá Leandro,

    Parabéns pelo conteúdo que sempre disponibiliza.

    Os assuntos que são tratados são relevantes e de extrema importância para alunos e professores de cursos superiores de Graduação e Pós na área de Logística.

    Sou um seguidor e leitor das suas publicações.

    Continue assim e muito sucesso.

    Marcos Maia

  49. Alex Santos at 20:17

    Oi Leandro

    Acompanho frequentemente seu blog, o da Jove Logística, Logisticando, HRM Logística, Logística na veia, Papo de Logística, etc.

    Contudo, poucos deles realizam paráfrases dos tópicos de outros blogs. Estou te falando isso porque vi um post parecido no Logística na Veia. A internet não tem ainda muitas regras, eu sei, mas segundo etiquetas da blogosfera, fazer referência às fontes é visto com bom olhos – sobretudo por nós, leitores.

    Sucesso!

    A.

    • Logística Des at 20:40

      Olá Alex,

      Obrigado por visitar o site com frequência. Certamente os assuntos dos sites que você citou se sobrepõe com frequência, pois todos abordamos a logística de uma forma ou outra.
      Este post sobre os tipos de caminhões foi escrito há algumas semanas junto do post sobre os tipos de navios e outros que ainda não estão publicados, mas agendados para as próximas semanas.

      Dos blogs que você falou eu acompanho a maioria e também os indico aos meus leitores no blogroll (a direita do site).

      Abraços e sucesso à você também!

  50. Márcia Concei at 19:35

    Boa noite Leandro,

    Meus parabéns pelo seu texto e pelo site. Sou professora da UNESP e apreciei muito seu trabalho. Sempre que posso acompanho este e o Logistica na Veia. Estas imagens você pegou do site deles?

    Abraços,

    Márcia

    • Logística Des at 20:29

      Márcia,
      Obrigado pela visita assídua ao site. Todas as imagens são pesquisadas no Google Imagens em pesquisas <a href="http://www.google.com.br/images?um=1&hl=pt-br&biw=1440&bih=762&tbs=isch%3A1&sa=1&q=tipos+de+caminh%C3%B5es+log%C3%ADstica&aq=f&aqi=&aql=&oq=&gs_rfai=&quot; rel="nofollow">como essa.
      Como destacado nas <a href="https://www.logisticadescomplicada.com/sobre/regras/&quot; rel="nofollow">regras do site, se alguma das imagens que utilizo possuem direitos autorais que não estavam destacados no Google, basta o autor entrar em contato e imediatamente incluirei os mesmos ou removerei a imagem, como o autor preferir.
      Atenciosamente,

      • Márcia Concei at 20:41

        Oi Leandro,

        Quando cliquei no link que você me passou, realmente apareceu o campo de pesquisa de imagens, e estas realmente vêm do Logística na veia!

        Mas o mais importante não é isso e sim o conteúdo. Vou avisar meus alunos sobre esta matéria. Mais uma vez, meus parabéns.

        Abraços,

        Márcia

        • Logística Des at 20:57

          OK Márcia, agradeço mais uma vez sua visita e já agradeço antecipadamente pela indicação aos seus alunos. Este espaço estará sempre aberto para discussões (e sugestões de novas matérias!).

          Quanto às imagens, se a autora do Logística Na Veia tiver os direitos autorais das mesmas bastará me solicitar e incluirei uma nota ou as removerei, conforme está claro nas regras do site.

          Abraços,

          Leandro

      • Aldo at 15:12

        Boa tarde,

        A matéria sobre os dados de peso máximo em caminhões está muito boa, só faltam as mesmas informações para carretas.

    • Rose Mary Rodrigues at 16:01

      Caro Leandro,fico extasiada,ao ver esses verdeiros Reis da estrada…A cada dia que passa,a tecnologia em mãos dadas com A Tão abençoada Logística,tem agilizado ainda mais a vida da humanidade.O nosso pão de cada dia,abaixo de Deus…Só chega até nosso lar através da:LOGÍSTICA! Sem falar nas minhas obras…Meus livros dependem do mesmo processo.Obrigado.Rose Mary R.Feitosa.Escritora.

Deixe um comentário para Licério Mulle Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.